Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/3998
Type: Dissertação
Title: Tapirus terrestris (Linnaeus, 1758) (Mammalia, Perissodactyla) em uma área de floresta subtropical no sul do Brasil : dieta, uso da área e densidade populacional
Author(s)/Inventor(s): Affonso , Renato de Oliveira
Advisor: Oliveira , Luiz Flamarion Barbosa de
Abstract: Este estudo apresenta uma análise de dados referentes ao uso do habitat, dieta, dispersão de sementes, e densidade populacional de Tapirus terrestris no Parque Florestal Estadual do Turvo, localizado em uma área de floresta subcaducifólia subtropical, na Bacia do Alto Uruguai, no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. O estudo foi realizado com base na observação de pegadas; número e localização de trilhas e bolos fecais, ao longo de dois transectos num total de 910Km percorridos. Frutos de Syagrus romanzoffiana (Arecaceae) foram os mais consumidos, sendo substituídos somente quando houve disponibilidade de frutos estacionais como Holocalix balansae (Caesalpiniaceae) e Campomanesia xanthocarpa (Myrtaceae). Tapirus terrestris é um bom dispersar para as espécies de frutos consumidos principalmente para Syagrus romanzoffiana. Encontrou-se uma proporção bem maior de bolos fecais depositados no solo do que dentro d'água o que favorece a taxa de germinação das sementes. A disponibilidade de água, de frutos, a presença de caçadores e a atividade turística parecem ser as maiores razões para as diferenças observadas quanto ao uso dos habitats e à densidade da espécie entre as diferentes áreas do Parque. Áreas sujeitas a uma maior visitação turística apresentaram menores densidades. As densidades calculadas para o Parque, foram mais baixas do que as observadas para populações amazônicas submetidas à pressão de caça. A sazonalidade dos recursos alimentares pode estar parcialmente relacionada com os valores observados para habitats subtropicais.
Abstract: This study presents an analysis of a data set concerning habitat use, diet, seed-dispersal role, and density of the lowland tapir (Tapirus terrestris L. ) population from the Parque Florestal Estadual do Turvo in the subtropical forest of the upper Uruguay river basin, Rio Grande do Sul State, Brazil. The presence of tapir was determined by following fresh tracks, counting tracks and feaces found by walking along 910km cumulative transects of trail on roads, and near creeks. Syagrus romanzoffiana (Arecaceae) was the main fruit in the diet of T. terrestris, replaced by Holocalix balansae (Caesalpinaceae) and Campomanesia xanthocarpa (Myrtacea) when available. Viable seeds of this palm were found in dung piles, suggesting a possible dispersal role of tapirs. The usual deposition of pile of dungs in non flooded areas may favor the germination of seeds The water in permanent swamps, the availability of fruits and the presence of hunters seem to be the main reason for the differences regarding habitat use and density observed between the studied areas in the Park. The estimated density of Tapirus terrestris population is below the values observed for hunted areas in Amazonia. The seasonality of food resources may be partially related to the observed values for subtropical habitats.
Keywords: Antas
Brasil, Sul
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
Program: Pós-Graduação em Zoologia
Department : Museu Nacional
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 1998
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Zoologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
273272.pdf10,59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.