Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4044
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Caracterização organofaciológica e palinológica de um testemunho holocênico da Lagoa Vermelha
Autor(es)/Inventor(es): Gonçalves, Débora Vieira Martins
Orientador: Mendonça Filho, João Graciano
Resumo: A Lagoa Vermelha é uma laguna localizada a aproximadamente 100 km a leste do Rio de Janeiro, entre os municípios de Saquarema e Araruama e faz parte do sistema lagunar de Araruama. Esta laguna caracteriza-se por ser um ambiente raso, hipersalino e carbonático. O reconhecimento dos ambientes carbonáticos como tendo provável valor econômico e exploratório impulsionou a busca por análogos modernos no aspecto sedimentar, diagenético e geoquímico. Este trabalho tem como objetivo caracterizar a matéria orgânica particulada em dezesseis amostras de um testemunho (LV4) da Lagoa Vermelha, através das técnicas de palinofácies e palinologia associada à técnica de geoquímica orgânica a fim de melhorar a compreensão da evolução holocênica desses depósitos. As amostras apresentaram a predominância da matéria orgânica amorfa bacteriana em relação aos demais componentes da matéria orgânica particulada. Dois tipos de matéria orgânica amorfa bacteriana (MOAB) foram encontrados: o tipo pelicular e o tipo em placas. A MOAB pelicular apresenta-se com morfologia fina, limites difusos, coloração castanho claro, em luz branca transmitida, e fluorescência amarelada, sob luz azul incidente. Por sua vez, após sofrer retrabalhamento microbial esse material (MOAB em placas) aparece com um aspecto denso apresentando grumos espessos, contorno definido, coloração castanho escuro, em luz branca transmitida, e alta fluorescência amarelada, sob luz azul incidente. Na base do testemunho foram encontrados Cistos de Dinoflagelados, indicando uma influência marinha, e microalgas do gênero Botryococcus. Nos 110 cm ficou evidente o aparecimento de estruturas organossedimentares, como esteiras microbianas e estromatólitos, corroborando com a diminuição do valor de resíduo insolúvel, marcando a transição de um ambiente siliciclástico para um ambiente carbonático e também o momento de confinamento da Lagoa Vermelha.
Palavras-chave: Ambiente carbonático
Palinofácies
Lagoa Vermelha
Matéria orgânica amorfa bacteriana
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Departamento: Instituto de Geociências
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Nov-2015
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4044
Aparece nas coleções:Geologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GONÇALVES, D.V.M.pdf766,54 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.