Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4146
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Estratigrafia e evolução paleoambiental da Sequência Lenheiro, Mesoproterozoico, São João Del Rei, MG
Autor(es)/Inventor(es): Gonçalves, Lucas Arienti
Orientador: Ribeiro, André
Coorientador: Oliveira, Felipe Nepomuceno de
Resumo: A Sequência Lenheiro da Formação Tiradentes, Mesoproterozoico, registra depósitos de um sistema deltaico com influência de maré, progradante para SSE. Os afloramentos estendem-se por dezenas de quilômetros pelas serras de São José e do Lenheiro, a leste e oeste do município de São João del Rei, Minas Gerais. O presente trabalho elabora dois perfis estratigráficos em escala 1:20 na Sequência Lenheiro, totalizando 150 e 130 m cada. Foram reconhecidas e interpretadas 16 fácies sedimentares, agrupadas em sete associações de fácies. A partir do conjunto de associações e suas relações laterais observadas em campo, foi possível a interpretação de ambientes deposicionais. Na região do prodelta predominam depósitos de decantação de finos. Na frente deltaica, tornam-se mais frequentes arenitos com estruturas trativas e gravitacionais, e, em alguns deles, convoluções relacionadas a instabilidade tectônica ou de carga sedimentar. Na região da planície deltaica, é registrada a migração de barras de maré, representadas por arenitos com estratificação cruzada com recobrimento pelítico nos foresets, e, em direção ao continente, canais fluviais também com influência de marés. Nas porções mais continentais da sucessão ocorrem depósitos conglomeráticos, areníticos e pelíticos interpretados como canais e barras de um sistema fluvial entrelaçado com planície de inundação. O padrão grano e estratocrescente bem marcado nos perfis, o empilhamento vertical das associações de fácies e a relação lateral entre elas denotam um progressivo raseamento da sucessão. A Sequência Lenheiro, portanto, representa um delta de rio entrelaçado com influência de maré, com sentido de descarga fluvial para sul.
Palavras-chave: Deltas
Marés
Mesoproterozoico
Estratigrafia
Tiradentes (MG)
Serra do Lenheiro (São João Del Rei, MG)
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::ESTRATIGRAFIA
Departamento: Instituto de Geociências
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Nov-2017
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4146
Aparece nas coleções:Geologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GONCALVES, L.A.pdf8,43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.