Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/4156
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorScarpellini, Marciela-
dc.contributor.authorNavarro, Lorena Salgado-
dc.date.accessioned2018-06-27T16:34:33Z-
dc.date.available2018-06-29T03:00:21Z-
dc.date.issued2014-05-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/4156-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectHipóxiapt_BR
dc.subjectCâncerpt_BR
dc.subjectComplexo metálicopt_BR
dc.subjectCobaltopt_BR
dc.subjectAntitumoraispt_BR
dc.titleSíntese, caracterização e atividade do complexo [Co(pymimi)2](ClO4)2 contra a linhagem celular A549pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1452430650815871pt_BR
dc.contributor.referee1Leite, Zélia Therezinha Custodio-
dc.contributor.referee2Amado, Roberto Salgado-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0735654736121608pt_BR
dc.description.resumoNos países desenvolvidos, o câncer é responsável por cerca de 25 % de todas as mortes. Atualmente, os principais tratamentos são a quimioterapia e a radioterapia, que não tem se mostrado totalmente eficientes, sendo uma das causas a presença de uma região em que as células se encontram em hipóxia. Estas são células com baixa concentração de oxigênio, que acabam tendo características redutoras. Assim, são alvos para a investigação de novos pró-fármacos, cuja redução seria responsável pela geração das espécies citotóxicas que matariam o tumor de dentro para fora. Complexos de cobalto têm sido muito estudados, devido ao fato de complexos de Co3+ poderem atuar como carregadores e/ou desativantes do agente anticâncer, porém quando reduzidos a Co2+ nos ambientes em hipóxia devem liberar o fármaco seletivamente. Neste trabalho, realizou-se a síntese e a caracterização de um novo complexo, o [Co(pymimi)₂](ClO₄)₂ a fim de avaliar sua atividade contra células tumorais. A síntese foi realizada utilizando etanol como solvente, CoCl26H2O como fonte de metal e o ligante pymimi (pymimi= N-((1-metil-1H-imidazol-2-il)metileno)-2-(piridin-2-il)etanamina), na proporção 1:2 (cobalto:ligante). O complexo foi caracterizado por análise por difração de raios X de monocristal, espectroscopias nas regiões do ultravioleta-visível (UV-Vis) e do infravermelho (IV), condutivimetria e voltametria cíclica em CH3CN. A atividade biológica do complexo foi investigada pelo método MTT contra células epiteliais de adenocarcinoma alveolar de células basais de pulmão humano (A549). Apesar dos resultados indicarem que o complexo apresenta baixa letalidade para a linhagem de células testada esta potencial pró-droga pode apresentar-se citostática levando à inibição da proliferação celular.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Químicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::QUIMICA ORGANICA::SINTESE ORGANICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LSNavarro.pdf513.26 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.