Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4187
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Caracterização ambiental e geológica da Ilha do Governador (RJ), para derramamento de óleo
Autor(es)/Inventor(es): Lima, Thiago Carvalho dos Santos
Orientador: Mendonça Filho, João Graciano
Coorientador: Castro, João Wagner de Alencar
Resumo: A Ilha do Governador é hoje um importante bairro da cidade do Rio de Janeiro. Apresenta uma área de 40 km² aproximadamente, onde cerca de ¼ desta é constituída por aterro. A população é de aproximadamente 500 mil habitantes. As praias caracterizam-se como de enseadas com um contorno da linha de costa de aproximadamente 25 km. Esta região foi escolhida, devido à sua localização no interior da baia de Guanabara, local de intensa atividade petrolífera, possuindo assim características significativas para a Cidade e o Estado do Rio de Janeiro. Em regiões próximas a atividades petrolíferas, os derramamentos de óleo e outros derivados de petróleo são acidentes possíveis de ocorrer. Neste sentido, estas áreas poderão ser consideradas como de risco geológico costeiro, geoquímico e ambiental. A caracterização ambiental é uma importante ferramenta na avaliação geral dos danos, na identificação dos locais sensíveis, na identificação de rotas de acesso e quantificação dos recursos que possam estar em risco. O presente trabalho tem por objetivo caracterizar morfodinamicamente as praias da referida ilha, assim como avaliar os graus de contaminação da mesma, identificando as áreas com maior índice de vulnerabilidade e sensibilidade a derramamentos de óleo e seus derivados. Foram coletadas amostras para analise granulométrica e caracterização geoquímica, visando determinar o grau de contaminação por hidrocarbonetos nessas áreas. Com base nessas análises e na caracterização do substrato e da morfodinâmica da praia, foram avaliados os índices de sensibilidade com base na metodologia proposta pelo MMA adaptada pela PETROBRAS. Em relação aos aspectos caracterizados em campo, as praias estudadas apresentam baixa energia, ondas com altura média de 10 cm e declividade inferior a 5° na maioria dos pontos observados (padrão morfodinamico dissipativo). O substrato sedimentar apresentou índices de infiltração média a baixo, devido à sua granulometria que varia de areia média a fina. Sendo assim, as praias referentes à área de estudo se encaixam, conformes índices de sensibilidade ambiental, em 3, 4, 5 de acordo com a metodologia adotada.
Palavras-chave: Ilha do Governador
Caracterização Ambiental
Derramamento de Óleo
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Departamento: Instituto de Geociências
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 2006
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4187
Aparece nas coleções:Geologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LIMA, T.C.S.pdf349,66 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.