Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4189
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Mapeamento geológico da região de Itajubá, sul de Minas Gerais
Autor(es)/Inventor(es): Matos, Gabriel Corrêa de
Orientador: Trouw, Rudolph Allard Johannes
Resumo: A área estudada abrange os municípios de Itajubá e de Piranguçu parcialmente. O contexto geológico e geotectônico da região representa a evolução de um segmento da faixa móvel Brasília, localizada na zona de interferência entre as Faixas Brasília e Ribeira. O objetivo principal deste trabalho é detalhar aspectos estruturais e metamórficos a partir de mapeamento geológico (1:50.000) e petrografia. O resultado foi a caracterização de seis unidades de mapeamento: a) granada-sillimanita gnaisses com granitos anatéticos associados; b) gnaisses granitóides com anfibolito; c) granada-hornblenda gnaisses; d) hornblenda-biotita gnaisses; e) biotita-gnaisses com quartzito, anfibolito e muscovita xisto intercalados; e f) granitos porfiríticos deformados. Os elementos estruturais observados foram agrupados em quatro fases de deformação. A primeira, D1, gerou a foliação S1, a qual pode ser observada apenas em domínios de lowstrain, pois está em grande parte transposta pela foliação S2. A fase D2 gerou a foliação principal S2, plano-axial de dobras F2, e as lineações mineral e de estiramento L2. Esta fase é caracterizada por transporte tectônico para NE. A fase D3 é caracterizada por redobramentos F3, assimétricos, vergentes para NW, e zonas de cisalhamento reversas com transporte tectônico para NW, determinadas pela foliação milonítica S3 e lineação de estiramento L3. Na fase D4 desenvolveram-se a foliação milonítica S4 e lineações de estiramento L4, observadas ao longo da Zona de Cisalhamento Caxambu. Do estudo conclui-se que as fases D1 e D2, síncronas com o metamorfismo principal, representam a evolução termo-tectônica em um segmento da Faixa Brasília, enquanto que as fases D3 e D4, síncronas com o metamorfismo retrógrado, caracterizam interferências causadas pela evolução da Faixa Ribeira neste segmento.
Palavras-chave: Geotectônica
Itajubá
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Departamento: Instituto de Geociências
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Fev-2006
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4189
Aparece nas coleções:Geologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MATOS, G.C.pdf5,6 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.