Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4224
Tipo: Dissertação
Título: Livros de artistas
Autor(es)/Inventor(es): Martins, Maria Clara Amado
Orientador: Pereira, Sonia Gomes
Coorientador: Rodrigues, Antônio Edmilson Martins
Coorientador: Tavora, Maria Luisa Luz
Resumo: Os critérios que podem determinar a seleção de um tema para uma pesquisa, giram em torno da importância do mesmo no contexto em que se inseriu. A escolha dos “Livros” de Lygia Pape, como objeto desta dissertação confirma esta condição. A importância vem da qualidade de seus trabalhos e de sua relevância no capítulo cultural nacional, pois enquanto integrante do Movimento Neoconcreto, na década de 50 (cinquenta), deixou como legado uma das mais importantes heranças da arte moderna brasileira. Ao todo, a artista produziu quatro “Livros”, entre os anos de 1957 e 1960. São eles os “Livros Poema”, o “Livro da Arquitetura” e o “Livro do Tempo”. O conhecimento destes livros levará ao entendimento de questões ligadas à Poesia Concreta e ao Manifesto Neoconcreto, que selou a ruptura definitiva entre os dois grupos que polarizam este momento cultural, o grupo concreto de São Paulo e o grupo concreto do Rio de Janeiro. O conhecimento dos “Livros” levou à percepção de que possuem uma relação bem definida de participação do espectador, no plano mental e no plano físico. Todos eles exigem o toque, a manipulação. Partindo dessa premissa, o processo de análise levou em consideração o entendimento de que a arte se completa na recepção. Por isso esta dissertação, está sustentada no campo teórico por pensadores que trabalham na ampliação do campo da percepção e na teoria da recepção, Merleau-Ponty e Mikel Dufrenne, e ainda de dois outros filósofos ligados ao campo da fenomenologia, Bergson e Bachelard. No decorrer da dissertação, tornou-se necessário traçar paralelos com obras de artistas do mesmo período, a fim de perceber a singularidade da obra de Lygia Pape, assim como estabelecer relações com outras obras suas, os "Tecelares" (1954/1959), o "Ballet" (1958) e o "Ovo" (1968). A metodologia definida para esta dissertação estabeleceu como prioridade para o processo de análise o contato direto com as obras, em sintonia com o pensamento de Pierre Francastel, que entende a obra como “pensamento plástico”, que deve ser buscado na própria obra e não fora dela.
Resumo : The criteria that may determinate the selection of a particular theme for a search are related to their importance within the subject. The choice of Lygia Pape’s "Livros", as such for this writing just confirms the above mentioned assertion. This importance comes from the quality and the proeminency of her works in the nation’s cultural chapter as a member of the Neoconcrete Movement during the 50’s which left one of the most important legaçy to the brazilian modern art. The artist’s "Livros" work were four, all written between 1957 and 1960. They are the “Livros Poema", the "Livros da Criação”, the "Livros da Arquitetura" and the "Livro do Tempo”. The knowledge of such books will leed to the understanding of questions related to Poesia Concreta and Manifesto Neoconcreto, which marked the rupture between the Rio São Paulo’s concrete groups that had stablished polarity. "Livros" hints that they have a well defined spectator’s relation in both mental and physical planes. They all require the touch, the manipulation. From this premise on the analysis process took into consideration the understanding that art gets complete at the reception. That’s why this essay is supported in theoretic ground by thinkers which endeavoured in enlarging the perseption field and the reception theory- Merleau-Ponty and Mikel Dufrenne-, and also two others philosophers phenomenology field connected, Bergson and Bachelard. During this essay it became necessary to relate to works of artists of the same period, in order to feel the unique character of Lygia Pape’s work as well as stablish relation to others works of her such the "tecelares" (1954-1959), the "Ballet" (1958), and the "Ovo" (1968). The chose method to the present essay have established as priority to the analysis process the direct contact to the works, in accordance to Pierre francastel’s thinking that understand the works as a “plastic thinking" that must be found within itself not outside.
Palavras-chave: Arte moderna
Neoconcretismo
Assunto CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::FUNDAMENTOS E CRITICA DAS ARTES::HISTORIA DA ARTE
Programa: Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais
Departamento: Escola de Belas Artes
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Ago-1996
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4224
Aparece nas coleções:Artes Visuais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
532625.pdf11,93 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.