Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4236
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Caracterização mineralógica e geoquímica do regolito do depósito de níquel de Santa Fé de Goiás
Autor(es)/Inventor(es): Biavati, Carlos Eduardo Chaim
Orientador: Porto, Claudio Gerheim
Resumo: O presente trabalho buscou caracterizar a mineralogia e a geoquímica do regolito do depósito de níquel laterítico de Santa Fé de Goiás, através de análises de difração de raios X em 4 amostras representativas da estratigrafia do regolito, focando nos teores econômicos de níquel. Foram produzidos difratogramas da fração argila e de rocha total pulverizada, e tratamentos estatísticos de dados geoquímicos de furos de sondagem. Para isto, foram utilizadas dados de 1395 amostras de 231 furos e de 1 poço. De acordo com os resultados na difração de raios X, concluiu-se que ocorrem cloritas e/ou esmectitas nos peridotitos, e cloritas e/ou vermiculitas nos dunitos.A geoquímica indica que a ocorrência de micas está associada a maiores teores de alumínio e titânio. Os dados geoquímicos também indicam que as micas não possuem papel primordial nos controles dos teores de níquel, já que as amostras com e sem mica não apresentaram valores significamente distintos.
Palavras-chave: Regolito
Níquel laterítico
Santa Fé de Goiás
Geoquímica
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Departamento: Instituto de Geociências
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Mar-2007
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4236
Aparece nas coleções:Geologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BIAVATI, C.R.C.pdf2,63 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.