Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/4372
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorJunqueira, Maria Helena Rêgo-
dc.contributor.authorPixinine, Juliana Pazos-
dc.date.accessioned2018-07-24T19:10:23Z-
dc.date.available2018-07-26T03:00:18Z-
dc.date.issued2014-07-19-
dc.identifier.citationPIXININE, Juliana Pazos. Primavera Árabe: o início da revolução na Tunísia e Egito: uma análise do caminho das ruas de Sidi Bouzid aos principais jornais do mundo. 2014. 65 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/4372-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectRedes sociaispt_BR
dc.subjectManifestações de ruapt_BR
dc.subjectDemocraciapt_BR
dc.titlePrimavera Árabe: o início da revolução na Tunísia e Egito: uma análise do caminho das ruas de Sidi Bouzid aos principais jornais do mundopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.referee1Strozenberg, Ilana-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0352176322106482pt_BR
dc.contributor.referee2Amaral, Marcio Tavares d'-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/7322409196325122pt_BR
dc.description.resumoAnalisa a situação política, social e econômica na qual se encontravam a Tunísia e o Egito, para entender como surgiu a insatisfação da população que levou às revoluções iniciadas em dezembro de 2010 e janeiro de 2011, respectivamente. Depois de feito um histórico da região para que seja possível compreender as causas do início das ações revolucionárias, foi feita uma análise da importância das redes sociais e como as mesmas ajudaram no sucesso destes conflitos para, então, podermos perceber como eles passaram a ganhar espaço nos jornais dos maiores meios de comunicação em massa do mundo, e o foco do trabalho se dá principalmente na cobertura feita pela Al Jazeera e por jornais brasileiros. As pesquisas foram feitas com base em dados de relatórios internacionais da Anistia, Banco Mundial, Organizações das Nações Unidas e demais meios que pudessem propiciar informações claras e objetivas sobre a situação existente nos países estudados. Com este trabalho, pretende-se compreender de que maneira as revoluções tornaram-se possíveis e de grande proporção e como se tornaram assunto de relevância no cenário mundial.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Comunicaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Comunicação - Jornalismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JPixinine.pdf675,77 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.