Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4507
Tipo: Dissertação
Título: A enfermagem e a aliança da Igreja com o Estado: Escola de Enfermeiras Luiza de Marillac
Título(s) alternativo(s): Nursing and the alliance between church and State: The Luiza de Marillac School of Nurses
Autor(es)/Inventor(es): Bezerra, Maria Regina Marques
Orientador: Baptista, Suely de Souza
Resumo: Estudo de cunho histórico-social cujo objeto é o movimento da Associação São Vicente de Paulo (ASVP) em favor da criação e equiparação da Escola de Enfermeiras Luiza de Marillac (EELM). O recorte temporal compreende o período 1931 a 1942, sendo o marco inicial a publicação do Decreto n° 20.109/31 e o final a equiparação da EELM à Escola Anna Nery. Fontes primárias: documentos dos Arquivos da Companhia das Filhas da Caridade, da PUC-RJ, da FELM-SC, dos Centros de Documentações da EEAN-UFRJ e da EE-UFMG, e depoimentos de antigas alunas e professoras da EELM. A microanálise possibilitou a compreensão das interfaces existentes entre o campo religioso e o político e entre o campo da saúde e o da educação em Enfermagem. Ao estudar os achados desta pesquisa, considerei o movimento dialético entre a macro e a micro estrutura social à luz dos conceitos de Pierre Bourdieu. Assim, pude compreender que a Enfermagem brasileira, majoritariamente exercida por religiosas, sem formação acadêmica, com a publicação do Decreto n° 20.109/31, teve seu panorama significativamente alterado. Esse decreto ameaçou a posição da Igreja nos espaços hospitalares, desencadeando um movimento nas Congregações para titular suas Irmãs, tendo sido a ASVP a primeira a fazê-lo. A aquisição do capital institucionalizado pelas Irmãs da Caridade possibilitou a criação da EELM, centro difusor de enfermeiras pautado no catolicismo, em nível nacional.
Resumo : This is a sociohistorical study which object is the Associação São Vicente de Paulo‘s (ASVP) movement favoring the Escola de Enfermeiras Luiza de Marillac’s (Luiza de Marillac School of Nurses – EELM) creation and equating. The time frame is the period from 1931 to 1942, starting with the publication of the Decree n. 20.109/31 and ending with the EELM’s equating to the Escola Anna Nery. Primary sources: documents from the Daughters of Charity Company files, from PUC/RJ, from FELM/SC, from EEAN/UFRJ and EE UFMG’s Documentations Centers, and also the testimony of former EELM’s students and teachers. The microanalysis made the understanding of the existent interfaces between the religious and the political fields possible as well as between both health and Nursing education fields. Studying this research’s findings, I considered the dialectical movement between macro and micro social structures in the light of Pierre Bourdieu’s concepts. Thus, I understood that with the publication of the Decree n. 20.109/31, Brazilian Nursing, which was exercised mainly by nuns without an academic education, had its panorama significantly changed. That decree threatened the Church’s position in hospital areas, arousing a movement in the Congregations to give their Sisters a title, having the ASVP been the first one to do it. The Sisters of Charity’s institutionalized capital acquisition made the EELM’s creation possible. The EELM is a nurses’ diffuser center, ruled by Catholicism at a national level.
Palavras-chave: História da Enfermagem
Enfermagem
Estudo e Ensino
Religião
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Programa: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Departamento: Escola de Enfermagem Anna Nery
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Jul-2002
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4507
Aparece nas coleções:Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
571312.pdf4,52 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.