Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/4636
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorYoung, Carlos Eduardo Frickmann-
dc.contributor.authorPrado, Gustavo Íbis Gonçalves-
dc.date.accessioned2018-08-23T18:06:08Z-
dc.date.available2018-08-25T03:00:17Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/4636-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectInovaçãopt_BR
dc.subjectAspectos sociaispt_BR
dc.subjectSustentabilidadept_BR
dc.subjectEconomia solidáriapt_BR
dc.subjectVilaspt_BR
dc.titleEcovilas: história, práticas e a busca por uma ‘nova’ economiapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9132537574929792pt_BR
dc.contributor.advisorCo1Duarte, Francisco José Mendes-
dc.contributor.advisorCo1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2450170292707057pt_BR
dc.description.resumoAs ecovilas são comunidades intencionalmente planejadas a fim de desenvolver e estabelecer práticas alternativas para a construção de uma sociedade sustentável e regenerativa, se constituindo, portanto, como um movimento contra hegemônico cuja principal missão é servir de modelo para a reconstrução da sociedade atual. O método utilizado nesta pesquisa foi o de revisão bibliográfica. A partir deste, buscamos compreender a trajetória histórica das comunidades intencionais e, mais precisamente, do movimento de ecovilas. Em seguida, abordamos a organização deste movimento a partir de três dimensões de sustentabilidade: a social, a ecológica e a econômica. Foi dada ênfase a esta última dimensão, ao ressaltar-se que as iniciativas econômicas presentes nas ecovilas possuem forte natureza crítica às premissas econômicas capitalistas. Estas iniciativas buscam inovar subvertendo a lógica capitalista em aspectos como consumo, propriedade, produção e a própria relação entre economia e sociedade. Por fim, este trabalho se debruçou sobre as convergências existentes entre os movimentos de ecovilas e a economia solidária destacando como este último traz importantes contribuições para o entendimento de como esses arranjos, inseridos em uma economia global focada no individualismo e na insaciável busca pelo excedente, conseguem estabelecer práticas econômicas condizentes com seus ideais e preceitos éticos. Foi possível observar que tanto a reformulação dos elementos econômicos quanto o uso das ferramentas de economia solidária por parte das ecovilas apontam para um ambicioso projeto dessas comunidades de estabelecer uma nova economia.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIAS AGRARIA E DOS RECURSOS NATURAISpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GIGPrado.pdf686.08 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.