Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4644
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Auditoria como agente de governança corporativa
Autor(es)/Inventor(es): Costa, Estevão de Sá
Orientador: Magalhães, Uriel de
Resumo: Propõe-se a entender como as atividades de auditoria (interna e independente) proporcionam às empresas contemporâneas maiores níveis de Governança Corporativa, tendo em vista o atual cenário organizacional, que prima por investimentos cada vez maiores no desenvolvimento de ferramentas de controle e gerenciamento de riscos corporativos. Tal preocupação vem crescendo nos últimos anos como consequência aos casos de escândalos envolvendo grandes corporações mundiais, que levaram investidores a perderem milhões de dólares, além de milhares de pessoas a perderem seus empregos. Neste contexto, surgiu a Lei Sarbanes-Oxley, com o objetivo de regular o mercado de capitais nos Estados Unidos, visando criar barreiras para a ocorrência de fraudes, que pudessem novamente afetar a credibilidade do ambiente corporativo. Devido a todos as situações apontadas acima, Governança Corporativa tem sido um dos temas mais discutidos no meio acadêmico em tempos recentes, ensejando assim uma pesquisa detalhada e ampla do assunto.
Palavras-chave: Auditoria independente
Lei Sarbanes-Oxley
Governança corporativa
Auditoria interna
Fraude
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS::ADMINISTRACAO FINANCEIRA
Departamento: Faculdade de Administração e Ciências Contábeis
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 2009
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4644
Aparece nas coleções:Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Monografia Final - Estevão.pdf374,58 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.