Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4649
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Isolamento dos alcaloides presentes no extrato metanólico das folhas de Psychotria nemorosa Gardner (Rubiaceae) por extração em fase sólida
Autor(es)/Inventor(es): Costa, Jéssica de Oliveira
Orientador: Barboza, Rodolfo Santos
Resumo: O gênero Psychotria L. (Rubiaceae) contém mais de 1000 espécies distribuídas nas regiões tropicais de todo o mundo. Ele é particularmente caracterizado como uma rica fonte de alcaloides indólicos e iridoides bioativos. A espécie Psychotria nemorosa Gardner é endêmica no Brasil, com distribuição em grande parte do território brasileiro. Como parte da linha de pesquisa que busca agentes antivirais de origem vegetal aplicados à terapia da dengue, o extrato metanólico das folhas de P. nemorosa quando testado in vitro em células de hepatocarcinoma humano infectadas com o vírus Dengue sorotipo 2 apresentou atividade antiviral significativa, não sendo citotóxico. A partir deste extrato foi isolado, por partição líquido-líquido seguida de fracionamento sequencial por cromatografia em coluna (CC) em Sephadex LH-20 e em fase- reversa (C-18), o alcaloide indólico monoterpênico N,β-Dglicopiranosilvincosamida. O desenvolvimento de métodos efetivos para isolamento e purificação de substâncias naturais para estudos complementares e/ou aplicações diversas tem sido um desafio. O presente trabalho descreve o desenvolvimento de um método simples e efetivo de isolamento da N,β-D-glicopiranosilvincosamida e de dois outros alcaloides indólicos presentes no extrato metanólico das folhas da espécie utilizando extração em fase sólida (EFS), tendo como base parâmetros obtidos em cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). Um novo lote de extrato metanólico foi solubilizado em MeOH/H2O 1:3 (v/v) e particionado com hexano para remoção de material graxo e enriquecimento nos alcaloides. A fração hidrometanólica foi submetida à cromatografia líquida de alta eficiência em fase reversa acoplada à um detector de arranjo de diodo (CLAE-FR-DAD) em diversas condições, para avaliação das seletividades cromatográficas de seus constituintes. O alcaloide de referência previamente isolado foi analisado sob as mesmas condições. Os parâmetros cromatográficos obtidos possibilitaram a estimativa dos parâmetros operacionais em EFS: composição do eluente (acetonitrila/H2O) e volume de eluição. Experimentos planejados a partir destes resultados levaram ao isolamento da N,β-D-glicopiranosilvincosamida. A análise de outras frações da EFS por CLAE e técnicas de ressonância magnética nuclear (RMN) uni e bidimensionais revelou o isolamento de outros dois alcaloides indólicos monoterpênicos glicosilados.
Palavras-chave: Alcaloides indólicos
Rubiaceae
Psychotria nemorosa Gardner
Extração em fase sólida
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::QUIMICA ANALITICA
Departamento: Instituto de Química
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Set-2016
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4649
Aparece nas coleções:Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Monografia.Psychotria.Jéssica.Rodolfo-min.pdf2,72 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.