Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/4708
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMatos, Marcelo Gerson Pessoa de-
dc.contributor.authorGomes, Camila Santana-
dc.date.accessioned2018-08-28T20:59:26Z-
dc.date.available2018-08-30T03:00:12Z-
dc.date.issued2017-09-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/4708-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectTabagismopt_BR
dc.subjectTributaçãopt_BR
dc.subjectPolítica fiscalpt_BR
dc.titleO mercado de cigarros no Brasil: uma análise da política tributária e seus efeitos sobre o mercado – 2000 a 2016pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4107845843373306pt_BR
dc.description.resumoO setor de cigarros constitui uma das principais de fontes de renda tributária para o governo. Existe uma relação mutua entre arrecadação e o cumprimento das funções do Estado, e consequentemente com a dinâmica do crescimento econômico. Contudo, observa-se que a arrecadação não está acompanhando o aumento exaustivo das alíquotas no caso brasileiro, nos últimos anos, principalmente após a mudança na legislação ocorrida em 2011. Além disso, associa-se, também, o aumento da tributação com o aumento da participação do mercado ilegal no setor, o que gera uma perda de arrecadação e gastos com ações públicas para conter esse mercado e de saúde pública. Este trabalho analisa a politica tributária e os impactos de suas mudanças recentes, levando em consideração a produção, a arrecadação, a demanda do setor no Brasil, e também os custos sociais associados ao consumo desse bem. O cigarro é um produto com forte apelo tributário dado que possui elasticidade preço da demanda relativamente baixa, sendo assim, aumentos plausíveis na tributação produzem benefícios para a saúde pública através da redução do consumo e, ao mesmo tempo, gera uma receita adicional para o governo. Contudo, Uma hipótese que será discutida é se, dado que o cigarro tem poucos produtores e poucos substitutos, o aumento de preços levaria os consumidores a migrar para produtos contrabandeados, fortalecendo assim o mercado ilegal. Conclui-se que para alcançar efetividade na tributação é necessário primeiro determinar seu objetivo, que pode ser aumentar as receitas, reduzir o consumo ou corrigir externalidades. O segundo passo é observar o perfil do consumidor e as elasticidades renda e preço da demanda. Esse debate é bastante complexo, na medida em que envolve negociações entre a indústria, o governo e entidades ligadas à área da saúde, que culminem em soluções adequadas e eficientes.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA MONETARIA E FISCALpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_Camila Gomes_ Versao final.pdf1.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.