Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4775
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Mapeamento geológico da parte noroeste da folha Mangaratiba - escala 1:50.000 - sul do estado do Rio de Janeiro
Autor(es)/Inventor(es): Salaverry, Rogerio Nogueira
Orientador: Trouw, Rudolph Allard Johannes
Resumo: A Faixa Ribeira é um segmento da Província Mantiqueira com orientação NE-SW deformado e metamorfizado no Neoproterozóico, sendo constituído por rochas ígneas e metamórficas de alto grau, que bordejam a extremidade sudeste do Cráton São Francisco (Trouw et al., 2000). Este presente trabalho trata da geologia da Faixa Ribeira Central, mais especificamente no flanco sul do vale do Rio Paraíba do Sul, porção Noroeste da Folha Mangaratiba. Onde foi realizado um mapeamento geológico na escala de 1:50.000 em uma área de aproximadamente 90 km², com a confecção de um mapa geológico, um mapa de pontos e 3 seções transversais a estruturação regional da área. A individualização e descrição de 10 unidades de mapeamento foram feitas neste trabalho. Uma relativa ao embasamento (Hornblenda Biotita Gnaisse) de idade Paleoproterozóica. Cinco destas unidades foram interpretadas como metassedimentos do Grupo Paraíba do Sul de idade Neoproterozóica (Sillimanita Biotita K-feldpato Gnaisse; Sillimanita Biotia Xisto; Quartizito; Rocha Calcissilicática; Metadiorito). Duas unidades foram interpretadas como ortoderivadas sin-colisionais ao evento Brasiliano/Panafricano (Hornblenda Biotita K-felspato Gnaisse; Biotita K-feldspato Gnaisse). Uma outra unidade foi interpretada como metassedimento do Domínio Juiz de Fora de idade Neoproterozóica (Granada Sillimanita Biotita Gnaisse). Por último os diques de diabásio foram outra unidade de mapeamento individualizada na área de mapeamento. Uma vasta pesquisa bibliográfica foi realizada sobre os diversos modelos propostos para a evolução geotectônica da porção central da Faixa Ribeira e suas compartimentações, que serão melhores detalhados a seguir nesta monografia. Os planos de foliação medidos tem em geral mergulho para N-NW e as lineações de estiramento e mineral apresentam direções sub-paralelas e oblíquas ao trend regional da área, assim como os eixos de dobras medidos, com caimento predominante para o quadrante NE, e subordinadamente para o quadrante SW, como ilustrados nos diagramas de projeção estereográfica realizados.
Palavras-chave: Mapeamento geológico
Folha Mangaratiba
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
Departamento: Instituto de Geociências
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Abr-2013
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4775
Aparece nas coleções:Geologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SALAVERRY, R.N.pdf8,6 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.