Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5018
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Restrição externa, vulnerabilidade estrutural e conjuntural: uma análise do período entre 1995 e 2014
Autor(es)/Inventor(es): Oliveira, Hugo Alves de
Orientador: Busato, Maria Isabel
Coorientador: Macrini, José Leonardo Ribeiro
Resumo: Este trabalho faz um mapeamento das condições externas brasileiras através da formulação e análise de indicadores de vulnerabilidade externa conjuntural e estrutural para o período entre 1995 e 2014. Verificou-se que, especialmente nos anos 2000, houve melhora substancial para os indicadores de vulnerabilidade conjuntural, com piora de alguns dos indicadores de vulnerabilidade estrutural. A partir disso, buscou-se relacionar o impacto da taxa real de câmbio em um dos indicadores de vulnerabilidade estrutural que experimentou piora no período analisado, expresso no aumento da participação de produtos básicos, em detrimento dos manufaturados, nas exportações totais. Para tanto, foi utilizada uma regressão com vetores autoregressivos. É possível concluir que os indicadores de vulnerabilidade estrutural apontam uma piora da situação externa brasileira e que o câmbio sozinho não é capaz de explicar adequadamente tal movimento.
Palavras-chave: Exportação
Importação por fator agregado
Restrição externa
Vulnerabilidade externa
Análise econométrica
Taxa de câmbio
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Mar-2016
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5018
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.