Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5059
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Análise do imposto de renda pessoa física brasileiro: alíquotas e peso na carga tributária no período de 1995-2008
Autor(es)/Inventor(es): Nascimento, Natassia
Orientador: Gentil, Denise Lobato
Resumo: Este trabalho desenvolve algumas reflexões básicas sobre a arrecadação tributária brasileira, sua implementação, carga tributária e alíquotas no período de 1995-2008. Compara as alíquotas do imposto de renda brasileiro com outros países, nos quais se observa uma arrecadação mais equânime e bons índices de desenvolvimento humano. Analisa os conceitos de tributação, a carga tributária líquida e eventuais políticas e ações governamentais que têm capacidade de modificar a estrutura tributária do Brasil. Apresenta a concentração de renda alta no Brasil e como se pode desonerar a maior parte da população através da diminuição dos impostos indiretos e aumento dos impostos diretos, especificamente o imposto de renda pessoa física. Conclui que a arrecadação do Brasil é eficaz, porém muito alta e com poucos resultados e argumenta a favor de níveis mais elevados de Imposto de Renda Pessoa Física com alíquota máxima maior do que a atual (27,5%), melhorando também a distribuição da renda.
Palavras-chave: Distribuição de renda
Desigualdade social
Arrecadação
Imposto de renda
Tributação - Brasil
Dívida pública
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Jul-2010
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5059
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
NNascimento.pdf339,56 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.