Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5077
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Papel do microcrédito na política social
Autor(es)/Inventor(es): Queiroz, Diego Goes de
Orientador: Morais, Maria Helena Lavinas de
Resumo: Esta monografia visa discutir o microcrédito como um componente de redistribuição de renda e ativos frente às exigências impostas por uma política macroeconômica ortodoxa que se restringiu exclusivamente ao controle da inflação nos últimos anos no país. Mostrar-se-á como tal instituto se desenvolveu à luz do movimento neoliberal que ganhou forças como forma de governo a partir da década de 1980, influenciando fortemente as políticas públicas desenvolvidas neste período, fragmentando e subordinando a política social. O objetivo é demonstrar que apenas o microcrédito não é suficiente para retirar de forma eficiente e permanente os indivíduos da pobreza como sugere a visão conservadora dos teóricos da gestão social do risco. Como os mercados são incompletos em diversas áreas e não há um seguro social para os pobres, projetos universais ou focalizados, isto é, welfare ou seguro social, são imprescindíveis para que estes tenham uma vida digna e saiam da condição de pobreza em que se encontram.
Palavras-chave: Microcrédito
Política Social
Seguridade social
Política macroeconômica
Política pública
Crise econômica
Mercado de crédito
Política monetária
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Mai-2009
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5077
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DGQueiroz.pdf328,85 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.