Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5090
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFonseca, Manuel Alcino Ribeiro da-
dc.contributor.authorNeves, Caio Fernandes-
dc.date.accessioned2018-09-20T14:47:04Z-
dc.date.available2018-09-22T03:00:15Z-
dc.date.issued2009-07-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5090-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectGestão de riscospt_BR
dc.subjectMercado financeiropt_BR
dc.subjectRisco financeiropt_BR
dc.subjectControle de riscopt_BR
dc.titleGerenciamento de risco de mercado e o capm – “capital asset pricing model”pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/7289388532343968pt_BR
dc.description.resumoCom a evolução tecnológica, o desenvolvimento de novos mercados e a internacionalização e aprimoramento das relações econômicas, o mercado financeiro também evoluiu, permitindo-o exercer melhor suas funções básicas de intermediador entre os agentes econômicos e de alocador dos recursos existentes na economia. Desta forma diversos produtos e serviços financeiros foram e são criados continuamente, adicionando ao sistema eficiência e, ao mesmo tempo, complexidade, o que gera uma preocupação crescente com a identificação, quantificação e gestão de todos os riscos associados. Nessa nova ordem econômica, no âmbito financeiro, é reforçada a preocupação com a questão da alocação de recursos de maneira eficiente, que proporcione maximização de resultados para um grau de risco assumido. Por sua vez, esse é um tema antigo de discussão na literatura financeira, sendo que é atribuído a Harry M. Markowitz a formulação básica da teoria de portfólios através de dois trabalhos publicados na década de 1950. Contudo, com a contribuição de outros autores nas décadas de 1960 e 1970, notadamente William F. Sharpe, John Lintner, Jan Mossin, Fisher Black e Jack Treyor, é que se chega ao modelo de precificação de ativos conhecido por CAPM – Capital Asset Pricing Model, considerado um dos pilares da moderna teoria de finanças. Tal modelo permite a avaliação de ativos de risco e busca exibir a relação ótima entre retorno esperado e risco desejado para a composição de carteiras de ativos. A presente monografia buscará, num primeiro momento, apontar as questões relevantes no trabalho de gerenciamento de riscos financeiros, tais como os tipos de risco que os agentes enfrentam, bem como as principais ferramentas e metodologias utilizadas para mensuração e controle desses riscos. Posteriormente será apresentado o modelo CAPM e como este se insere no trabalho de gestão de risco nos mercados financeiros.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CFNeves.pdf557,77 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.