Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5100
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Análise Estratigráfica de Depósitos Continentais Cenozóicos na Região dos alto de Cabo Frio e sua correlação ao Registro Sedimentar Paleogênico nas Bacias de Campos e Santos
Autor(es)/Inventor(es): Costa, Fábio de Oliveira
Orientador: Mello, Claudio Limeira
Coorientador: Morais, Rute Maria Oliveira de
Resumo: Este trabalho está inserido no projeto “Análise Integrada do Sistema Área Fonte, Bypass e Zona de Acumulação do Sistema Turbidítico Almirante Câmara, Recente, Bacia de Campos” – Canyon (CTPETRO – UFRJ / FINEP / PETROPBRAS / PROFEX. no. 65.000.405.00) e tem como objetivo o estudo das seqüências deposicionais eocenozóicas na região do Alto de Cabo Frio, limite estrutural entre as bacias sedimentares de Campos e Santos. Busca-se, em especial, correlacionar depósitos aflorantes na área continental emersa (região de Búzios e São Pedro D’Aldeia) às sucessões identificadas na plataforma continental. Para a realização deste estudo, foi efetuada, na porção emersa, a análise de seções estratigráficas expostas em cortes naturais ou artificiais, reconstituídas com o auxílio de fotomosaicos controlados em campo e perfis faciológicos verticais. Para a região da plataforma continental, foram interpretadas quatro seções sísmicas. Os depósitos aflorantes na porção emersa são representados por sedimentos cascalhosos, arenosos e lamosos, caracteristicamente muito ferruginizados, interpretados como depósitos de um sistema de rios entrelaçados com a contribuição de fluxos de detritos. Na área de estudo, estes depósitos vêm sendo atribuídos à Formação Barreiras. Na localidade da Praia Rasa, região de Búzios, foram observados depósitos de cascalhos sustentados pela matriz e areias lamosas maciças, em um contexto de leques aluviais dominados por fluxos de detritos, influenciados por uma tectônica sinsedimentar de blocos associados à falha do Pai Vitório (feição estrutural marcante na área). Estes sedimentos encontram-se relacionados a uma importante estrutura geotectônica na Bacia de Campos de idade eocênica: o Gráben da Barra de São João. A análise de paleocorrentes descrita na literatura indica que os sistemas fluviais a nordeste da área fluíam para a Bacia de Campos, enquanto a sudeste fluíam para a Bacia de Santos, indicando a atuação do Alto de Cabo Frio como divisor entre os sistemas fluviais. Esta interpretação é corroborada na análise sismoestratigráfica pelo padrão progradante das sismosseqüências, semelhante àquele atribuído em trabalhos anteriores ao registro cenozóico das bacias de Campos e Santos.
Palavras-chave: Região do Alto de Cabo Frio
Depósitos continentais cenozóicos
Registro sedimentar paleogênico
Bacia de Campos
Bacia de Santos
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Departamento: Instituto de Geociências
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 2002
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5100
Aparece nas coleções:Geologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
COSTA, F.O.pdf7,2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.