Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5135
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLemme, Marta Calmon-
dc.contributor.authorAlves, Nathalia Guimarães-
dc.date.accessioned2018-09-25T19:33:56Z-
dc.date.available2018-09-27T03:00:18Z-
dc.date.issued2009-08-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5135-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPolítica de exportaçãopt_BR
dc.subjectExportação - Brasilpt_BR
dc.subjectCrescimento econômicopt_BR
dc.subjectIndicadores econômicospt_BR
dc.subjectPolítica comercialpt_BR
dc.titleO papel do BNDES na política brasileira de apoio às exportações no período de 1990 a 2008pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0080108709785641pt_BR
dc.description.resumoO objetivo do presente trabalho é refletir sobre o papel do programa de apoio às exportações brasileiras desenvolvido no âmbito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social na política brasileira de fomento às vendas externas no período compreendido entre 1990 e 2008. Dado que as exportações são importantes para fortalecer a produtividade e a eficiência das empresas nacionais, além de serem essenciais para o crescimento econômico, a redução da vulnerabilidade externa e a melhor inserção do Brasil no Comércio Mundial, é fundamental para um país o desenvolvimento de uma estratégia de apoio às exportações. Neste sentido, procurou-se investigar a relevância da concessão de garantias e crédito às exportações, em especial das linhas e mecanismos ofertados pelo BNDES, para o incremento do valor exportado e a melhoria da pauta de exportações brasileiras. Para tanto, buscou-se analisar a evolução da política comercial adotada no Brasil ao longo das últimas décadas e os mecanismos de seguro e crédito às exportações atualmente disponíveis no país. Então, tentou-se identificar a representatividade do Programa de Apoio às Exportações do BNDES, O BNDES-exim, frente à política da balança comercial brasileira, a evolução das vendas externas e a diversidade de mecanismos de incentivo às exportações existentes atualmente no país, realizando-se um estudo detalhado dos recursos liberados, e a alocação dos mesmos, pelo banco de fomento no âmbito do BNDES-exim. Conforme foi possível concluir, o BNDES-exim é o principal e mais eficaz instrumento público de apoio às exportações ofertado atualmente no Brasil e vem cumprindo com as funções de propiciar o incremento das vendas externas de produtos manufaturados e semimanufaturados, viabilizar operações que não seriam passíveis de realização no caso de ausência desses instrumentos de créditos e garantias, e desempenhar as principais funções de uma Agência de Crédito à Exportação no Brasil.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NGAlves.ott203.15 kBOpenDocument Text TemplateView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.