Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5198
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMello, Claudio Limeira-
dc.contributor.authorFreitas, Karina Lobato Favacho de-
dc.date.accessioned2018-09-27T17:45:27Z-
dc.date.available2018-09-29T03:00:17Z-
dc.date.issued2008-03-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5198-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectBacia do Espírito Santopt_BR
dc.subjectFormação Barreiraspt_BR
dc.subjectPetrografiapt_BR
dc.titleCaracterização Petrográfica da Formação Barreiras em Afloramentos na Região Norte do Espírito Santopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8440044607836952pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3969528241009071pt_BR
dc.contributor.advisorCo1Ramos , Renato Rodriguez Cabral-
dc.contributor.advisorCo1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4557680514419881pt_BR
dc.contributor.referee1Porto, Cláudio Gerheim-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9314089576626947pt_BR
dc.contributor.referee2Morais, Rute Maria Oliveira de-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/9362227444053175pt_BR
dc.description.resumoNa região norte do estado do Espírito Santo, há uma extensa cobertura sedimentar terciária relacionada aos depósitos da Formação Barreiras (Mioceno-Plioceno), unidade estratigráfica que se distribui ao longo da costa brasileira desde o Rio de Janeiro até o Amapá. Na área de estudo, esta unidade é composta por sedimentos arenosos e argilosos, relacionados a uma sedimentação de rios entrelaçados. O presente trabalho teve por objetivo analisar petrograficamente arenitos e conglomerados da Formação Barreiras aflorantes na região, como forma de contribuir para uma melhor caracterização desta unidade. Para este estudo, foram selecionados dois afloramentos: Nova Venécia II, corte de estrada na rodovia ES-381, km 17, entre as cidades de São Mateus e Nova Venécia; e Pedro Canário II, corte de estrada localizado no km 18 da BR-101, próximo à cidade de Pedro Canário. Foram descritas, em amostras de mão e lâminas delgadas, três amostras referentes a arenitos maciços, uma de conglomerado maciço, e duas amostras de conglomerados com estratificações cruzadas. Os resultados obtidos apontam para: i) arcabouço composto predominantemente por grãos de quartzo; ii) percentual significativo de matriz argilosa introduzida em grande parte dos poros primários, resultante da alteração dos grãos de feldspato do arcabouço; iii) cimentação por óxidos de ferro.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FREITAS, K.pdf601,63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.