Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5206
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Análise Sismoestratigráfica do intervalo Pós-Neocomiano da bacia do Araripe
Autor(es)/Inventor(es): Appi, Enzo Tiriba
Orientador: Almeida, Leonardo Fonseca Borghi de
Resumo: A história evolutiva da bacia do Araripe tem sido apresentada na literatura em três tectonossequências: Pré-rifte (Dom João), sobreposta concordantemente pela tectonossequência Rifte (Rio da Serra-Aratu ?), limitada no topo por uma discordância erosiva regional, “pré-aptiana”, com a tectonossequência Pós-rifte (Alagoas). O presente estudo tem como objetivo a análise sismoestratigráfica do intervalo superior Pós-rifte (formações Rio da Batateira, Santana, Arajara e Exu) em linhas sísmicas afim de reavaliar o contexto deposicional. A discussão proposta gira em torno do fato deste intervalo apresentar evidências estratigráficas, na literatura mais recente, que contradizem o contexto pós-tectônico de sedimentação em uma bacia de subsidência flexural (Idade pós-Neocomiano). Na interpretação sismoestratigráfica de uma linha, reconheceram-se três sismo-horizontes (H1, H2 e H3) e duas feições estruturais distintas (falhas normais de descolamento e falhas transcorrentes), que corroboram com fato do controle tectônico do intervalo discutido, bem como, apresenta novas idéias acerca do arcabouço tectônico da bacia.
Palavras-chave: Andar Alagoas
Pós-rifte
Bacia do Araripe
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
Departamento: Instituto de Geociências
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Mar-2009
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5206
Aparece nas coleções:Geologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
APPI, E.T.pdf6,79 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.