Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5315
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMello, Claudio Limeira-
dc.contributor.authorFiuza, Raunier Villain-
dc.date.accessioned2018-10-09T17:41:56Z-
dc.date.available2018-10-11T03:00:21Z-
dc.date.issued2010-12-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5315-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectBacia de Resendept_BR
dc.subjectFormação Resendept_BR
dc.subjectEstado do Rio de Janeiropt_BR
dc.subjectMinerais pesadospt_BR
dc.subjectEstereomicroscopiapt_BR
dc.titleMinerais Pesados da formação Resende (Bacia de Resende, Estado do Rio de Janeiro)pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8440044607836952pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8241711861948776pt_BR
dc.contributor.advisorCo1Ávila , Ciro Alexandre-
dc.contributor.advisorCo1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1281397426132157pt_BR
dc.contributor.referee1Almeida, Cícera Neysi de-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0878609222243870pt_BR
dc.contributor.referee2Ramos , Renato Rodriguez Cabral-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/4557680514419881pt_BR
dc.description.resumoA Formação Resende é o principal registro litoestratigráfico da bacia de Resende, que está inserida no segmento central do Rifte Continental do Sudeste do Brasil, apresentando a maior extensão e o maior volume de material entre as unidades na bacia. Esta unidade possui idade do Eoceno-Oligoceno e é composta por sedimentos de origem fluvial (arenitos arcoseanos médios a grossos com estratificação cruzada acanalada, siltitos, argilitos e conglomerados finos a médios, maciços ou com estruturas cruzadas) e de leques aluviais (lamitos arenosos e brechas clasto-suportadas). O principal recurso mineral extraído da unidade é água, sendo o principal aquífero da região. O presente trabalho tem como objetivo identificar e descrever os minerais pesados presentes nas rochas sedimentares da Formação Resende. Foram analisadas amostras de sete pontos ao longo da bacia, envolvendo as seguintes etapas: quarteamento; separação granulométrica; separação densimétrica; separação magnética; separação eletromagnética; identificação e descrição em estereomicroscópico; e estimativa de frequência. A mineralogia básica encontrada foi ilmenita, granada incolor, granada rosa, granada vermelha, turmalina, monazita cristalina, monazita terrosa, monazita caramelo opaca, cianita, estaurolita, apatita, rutilo, muscovita, biotita, hidrobiotita, zircão, quartzo e feldspato, todos apresentado angulosidade. Esses minerais no entanto não se apresentam distribuídos de forma equânime ao longo da Formação Resende. Comparando esses dados com a bibliografia pequisada pode-se confirmar a proposta de diversos autores que o embasamento proximal da bacia serviu como principal fonte de sedimentos para a bacia, mas não foi possível determinar qual da bordas teve maior influência, se a borda norte ou sul.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FIUZA, R.V.pdf1,87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.