Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5364
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVilela, Claudia Gutterres-
dc.contributor.authorGuedes, Daniel Coré-
dc.date.accessioned2018-10-17T13:31:31Z-
dc.date.available2018-10-19T03:00:24Z-
dc.date.issued2013-12-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5364-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectForaminíferos bentônicospt_BR
dc.subjectPlataforma Continentalpt_BR
dc.subjectCabo Friopt_BR
dc.titleAnálise Biofaciológica do Litoral de Cabo Frio com base em Foraminíferos Bentônicospt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1918587107634866pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0936978338020006pt_BR
dc.contributor.advisorCo1Seoane, José Carlos Sícoli-
dc.contributor.advisorCo1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5256359048551589pt_BR
dc.contributor.referee1Rios Netto, Aristóteles de Moraes-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2055448928251991pt_BR
dc.description.resumoEm julho de 2009, foram coletadas amostras de fundo na plataforma continental interna de Cabo Frio – RJ, na região da Praia do Peró, com o objetivo de caracterizar ambientalmente tal área através do estudo de foraminíferos bentônicos. A área estudada está compreendida entre as latitudes 22ºS e 23ºS e longitudes 41ºW e 42ºW e apresenta profundidade da lâmina d’água variando de 10 a 30 m. No laboratório as amostras foram lavadas, secas em estufa, quarteadas triadas e classificadas taxonomicamente. Foram analisadas 37 amostras sendo, quase todos os espécimes triados, identificados em espécies. As amostras com maiores abundância, riqueza e diversidade foram encontradas em regiões mais afastadas da costa, contendo mais do que 5000 indivíduos. Três amostras abundantes foram encontradas na entrada sul, próximas à Ponta do Peró. Observou-se a presença de grande quantidade de espécimes quebrados, indicando a dinâmica das correntes na região. No geral as espécies Poroeponides lateralis e Eponides repandus, típicas de plataforma, e a espécie Bulimina marginata típica de ambientes proximais apareceram como dominantes (presentes com percentual igual ou maior do que 10%). As espécies Quinqueloculina agglutinans e Textularia agglutinans foram principais em sete amostras (presentes com percentual igual ou maior do que 5%). A presença da espécie Buccella peruviana, típica da corrente das Malvinas, caracteriza a influência dessa corrente na plataforma de Cabo Frio. Foram encontradas 10 amostras estéreis, em geral localizadas em regiões mais rasas. Apesar das amostras localizarem-se na plataforma interna e portando em baixa profundidade, 30% das amostras apresentaram diversidade e abundância elevadas.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GUEDES, D.C.pdf1.55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.