Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5422
Tipo: Trabalho de conclusão de especialização
Título: Reflexões acerca da diversidade geográfica e institucional no município
Autor(es)/Inventor(es): Ferreira Junior, Carlos Henrique Carvalho
Orientador: Fridman, Fania
Resumo: Parte-se particularmente da História da Urbanização e da Sociologia Urbana para propor uma análise da diversidade verificada nos municípios brasileiros ante a monotonia institucional a eles aplicada. Sem pretensões conclusivas, o objetivo é matizar o processo de territorialização das relações sócio-econômicas no espaço brasileiro a partir de algumas bases teóricas, dentre elas, os conceitos de: territorialização, urbanização, metropolização, fragmentação social, agenciamento e captura das estruturas políticas e institucionais por agentes econômicos; ressaltando que o planejamento pode ser problematizado a partir das instituições de Estado responsáveis por sua operação. Para tanto, parte-se da análise da distribuição do contingente populacional nos municípios, ressaltando os extremos e a diversidade que esta assuma. Faz-se também um retrospecto das bases do Estado e, portanto, do município no Brasil. Adota-se como apoio epistemológico o olhar crítico da razão sensível à observação meramente quantitativa e dissociada dos atores e realidade analisada. Busca-se levantar conceitos e autores que sirvam para a construção de um panorama da situação do município no Brasil e alguns processos a eles pertinentes. O resultado está elencado em hipóteses emergentes das análises que proporcionam a construção de novos questionamentos, estes, então, ponto de partida para estudos mais elaborados.
Resumo : It is part of the History of Urbanization and Urban Sociology to propose an analysis of the diversity verified in the Brazilian municipalities, given the institutional monotony applied to them. Without conclusive pretensions, the objective is to qualify the process of territorialization of socio-economic relations in Brazilian space from some theoretical bases, among them, the concepts of: territorialization, urbanization, metropolization, social fragmentation, agency and capture of political structures and by economic agents; emphasizing that planning can be problematized from the State institutions responsible for its operation. In order to do so, it is based on the analysis of the distribution of the population contingent in the municipalities, highlighting the extremes and the diversity that it assumes. It is also made a retrospective of the bases of the State and, therefore, of the municipality in Brazil. The critical view of reason sensitive to purely quantitative and dissociated observation of the actors and analyzed reality is adopted as epistemological support. It seeks to raise concepts and authors that serve to build a panorama of the situation of the municipality in Brazil and some processes relevant to them. The result is listed in hypotheses emerging from the analyzes that provide the construction of new questions, these, then, the starting point for more elaborate studies.
Palavras-chave: Município
Territorialização
Planejamento territorial
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::FUNDAMENTOS DO PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::TEORIA DA URBANIZACAO
Programa: Programa de Pós-graduação em Planejamento Urbano e Regional
Departamento: Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 27-Mar-2015
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5422
Aparece nas coleções:Política e Planejamento Urbano

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CHCFerreiraJunior-min.pdf188,38 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.