Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5464
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMendonça Filho, João Graciano-
dc.contributor.authorMartins, Erika Gomes-
dc.date.accessioned2018-10-29T14:30:48Z-
dc.date.available2018-10-31T03:00:16Z-
dc.date.issued2014-09-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5464-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectBrejo do Espinhopt_BR
dc.subjectAmbiente Hipersalinopt_BR
dc.subjectSedimentação Carbonáticapt_BR
dc.subjectPalinofáciespt_BR
dc.subjectMatéria Orgânica Particuladapt_BR
dc.titleCaracterização Organofaciológica de três testemunhos (BE-02,BE-07 e BE-09) do Brejo do Espinhopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0961099296657502pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6385735872776462pt_BR
dc.contributor.advisorCo1Souza, Jaqueline Torres de-
dc.contributor.advisorCo1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6157976776963780pt_BR
dc.contributor.advisorCo2Oliveira, Antonio Donizeti de-
dc.contributor.advisorCo2Latteshttp://lattes.cnpq.br/6140975571270826pt_BR
dc.description.resumoAs rochas carbonáticas possuem grande importância para o setor de exploração de petróleo, sendo responsáveis por, aproximadamente, 50% da produção mundial. Com a descoberta dos reservatórios carbonáticos do pré-sal, foi motivado um interesse em estudar depósitos modernos análogos. Neste trabalho, foram realizadas análises de palinofácies associadas a técnicas de geoquímica orgânica, tendo como objetivo principal o estudo dos sedimentos e a interpretação das condições deposicionais durante sua evolução holocênica. Os sedimentos foram retirados de três testemunhos curtos do Brejo do Espinho, localizado a leste da cidade do Rio de Janeiro, caracterizado por possuir um ambiente de sedimentação hipersalino carbonático. Verificou-se a ocorrência de transição de um ambiente siliciclástico, marcado por um momento de maior energia no sistema e influência marinha, para um ambiente carbonático, mais estável e de menor energia, sem contato direto com o mar. Na Palinofácies, observou-se o predomínio do grupo da matéria orgânica amorfa (MOA) ao longo de todos os intervalos. Na base dos testemunhos, ocorrem as espécies de dinocistos Operculodinium centrocarpum e Operculodinium israelianum, refletindo uma influência marinha, e no topo microalgas do gênero Botryococcus, sugerindo chegada de água doce para o interior do Brejo.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARTINS, E.G.pdf609.05 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.