Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5578
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMedeiros, Rogério Bitarelli-
dc.contributor.authorBraga, Luiz Antonio Fernandes-
dc.date.accessioned2018-11-01T00:47:25Z-
dc.date.available2018-11-02T03:00:12Z-
dc.date.issued1998-10-16-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5578-
dc.description.abstractAnalize what is happening in the Arts field since the use of the personal computer has spread. We are especially concerned with the latest times, with the arrival of the Internet in Brazil and especially in the Fine Arts Scholl of the Federal University of Rio de Janeiro. For having passed from a local processor to a communication interface, the personal computer can no longer be seen as one more tool available to the artist, but has to be analyzed, in his context, as a door to another dimension, another space – the cyberspace – where new contacts and new experiences can be made. Artists have therefore changed their way of relating to computers, inserting them into their lives, adopting them as one more extension on behalf of their work. In the Computer Graphics Lab of the Fine Arts School of the Federal University of Rio de Janeiro, these changes in the basic computer function has brought notice able changes, not only in the man-machine relation, but also in the man-man relation, in the real as well as in the virtual space.en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectArte tecnológicapt_BR
dc.subjectConhecimentopt_BR
dc.subjectInteração homem-máquinapt_BR
dc.titleO mundo digital: o homem e o computador, uma comunicação em desenvolvimentopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5263887934823569pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8505874595331506pt_BR
dc.contributor.referee1Zoladz, Rosza Wigdorowicz Vel-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1384082812482959pt_BR
dc.contributor.referee2Barbosa, Guilherme Sias-
dc.description.resumoAnalisa o que vem ocorrendo no campo das artes desde o uso extensivo do computador pessoal, principalmente no passado recente, com a chegada da Internet ao Brasil, e em especial à Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro. O computador, por ter passado de um processador local a uma máquina de comunicação, não pode ser visto, somente, como mais uma ferramenta do artista, mas, tanto ele quanto o contexto que o envolve, têm que ser analisados como uma porta para uma outra dimensão, um outro espaço – ciberespaço – onde novos contatos e novas experiências são travadas. Os artistas têm portanto se relacionado de forma diferente com o computador, inserindo-o no seu cotidiano, adotando-o como mais uma extensão à disposição do seu trabalho. No Laboratório de Computação Gráfica da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, esta alteração nas funções básicas do computador trouxe mudanças visíveis, não só na relação homem-máquina, como também no relacionamento homem-homem, tanto no espaço real, quanto no virtual.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Belas Artespt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Artes Visuaispt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::ARTES PLASTICASpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Artes Visuais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
455974.pdf5,73 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.