Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5667
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorMedeiros, João Alfredo-
dc.contributor.authorMaia, Lucas Barros-
dc.date.accessioned2018-11-07T23:08:37Z-
dc.date.available2018-11-09T02:00:10Z-
dc.date.issued2017-11-27-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5667-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectFotometriapt_BR
dc.subjectEspectrofotômetropt_BR
dc.titleDesenvolvimento de espectrômetro de emissão em chama de baixo custo dedicado à determinação de Na, K e Li.pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8814573082480523pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9981513769904759pt_BR
dc.contributor.referee1Pontes, Fernanda Veronesi Marinho-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3215544626862235pt_BR
dc.contributor.referee2Damasceno, Raimundo Nonato-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/4335395507742944pt_BR
dc.contributor.referee4Kling, Diego Pereira-
dc.contributor.referee4Latteshttp://lattes.cnpq.br/5730778204837225pt_BR
dc.description.resumoA Fotometria de chama é o método analítico baseado em espectroscopia atômica mais simples, capaz de realizar uma análise quantitativa de um dado analito. Consiste em uma fonte aonde é introduzida à solução contendo cátions metálicos que são excitados e ao retornarem a estados menos energéticos liberam energia. Parte dessa energia é emitida na forma de fótons que são levados a um detector, podendo ser quantificados em função da intensidade da radiação emitida nessa transição1. Com o advento de novas técnicas, esta teve seu uso reduzido, devido a limitações intrínsecas, limitando seu uso em laboratórios. Muitos dos equipamentos encontrados no mercado apresentam essas limitações, tais como: a impossibilidade de acompanhamento simultâneo, capacidade multielementar e em tempo real da amostra, baixa sensibilidade do detector, pouca quantidade de elementos químicos possíveis de serem analisados além de baixa flexibilidade no ajuste do método, fazendo com que a técnica se tornasse defasada quando comparada as novas técnicas que vinham surgindo. Apesar dessas limitações, a fotometria de chama continua sendo uma técnica mais barata tanto no investimento da compra quanto na operação e na manutenção de seu sistema, assim, uma otimização das características aqui citadas seria de grande interesse para a determinação de metais a baixo custo. Para tal, este trabalho visou ao acoplamento do sistema de introdução de amostra e fonte de um fotômetro de chama a um espectrômetro modular, com rede de difração e matriz de diodos como detectores, formando um espectrômetro de emissão atômica em chama para amostras contendo metais alcalinos, facilmente excitáveis na temperatura da chama, o que seria um equipamento com potencial para realizar análises de metais facilmente ionizáveis (Na, K e Li) com um custo reduzido e sensibilidade alta quando comparado a técnicas ópticas mais sofisticadas.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Químicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::QUIMICA INORGANICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Aparece nas coleções:Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Lucas Barros Maia.pdf1,8 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.