Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5772
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Desenvolvimento de químicos intermediários de base renovável: os casos do ácido levulínico e itacônico
Autor(es)/Inventor(es): Lima, Marcelo Tavares
Orientador: Oroski , Fábio de Almeida
Coorientador: Mota, Claudio José de Araújo
Resumo: A preocupação com a redução do uso de fontes fósseis se deve a diversos fatores, entre estes: crises econômicas, a forte volatilidade dos preços das matérias-primas e preocupações ambientais. Este cenário, portanto, tem despertado na indústria química o interesse por fontes alternativas, levando a busca de soluções que substituam os derivados de petróleo. O aumento do interesse pela indústria de matérias-primas renováveis traz consigo novos produtos e/ou novos meios para obtenção de produtos que já existem a partir do petróleo. Entre os químicos de base renovável há os intermediários que podem gerar uma extensa gama de produtos derivados. Dentre os químicos intermediários de base renovável escolheu-se para este trabalho duas moléculas consideradas promissoras: o ácido levulínico e o ácido itacônico. A partir da exploração desses dois casos, esperase obter uma maior compreensão do processo de desenvolvimento de químicos de base renovável. Com isso, o objetivo principal deste trabalho é explorar o desenvolvimento dos ácidos levulínico e itacônico, químicos de base renovável a partir da compreensão do processo de desenvolvimento de suas tecnologias e mercados. Para a análise, foram exploradas as dimensões matérias-prima, tecnologias de conversão, mercados e aplicações e os atores envolvidos. Embora perceba-se um forte interesse pela utilização de matérias-primas lignocelulósicas vários desafios no pré-tratamento devem ser superados. As tecnologias de conversão variam entre a conversão química e a biológica. O grau de desenvolvimento dos projetos difere entre os atores, sendo a maioria ainda em um estágio inicial de estruturação das fases de comercialização, o que pode ser visto pelo reduzido número de parcerias comerciais estabelecidas. Por se tratar de intermediários químicos, a sua difusão dependerá fortemente do desenvolvimento de seus derivados. A partir da análise realizada foi possível concluir que para os dois ácidos os esforços não se limitam à dimensão tecnologia. Existem questões relacionadas a matéria-prima e ao desenvolvimento de mercados e aplicações que exigirão esforços relevantes de estruturação para que estes químicos possam efetivamente ser considerados como promissores.
Palavras-chave: Ácido Levulínico
Ácido Itacônico
Intermediários químicos
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::QUIMICA ORGANICA
Departamento: Instituto de Química
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 4-Set-2017
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5772
Aparece nas coleções:Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marcelo Tavares Lima.pdf1,17 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.