Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5802
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVieira , Flávia Braga-
dc.contributor.authorCervinski, Gilberto Carlos-
dc.date.accessioned2018-11-23T16:32:41Z-
dc.date.available2018-11-25T02:00:10Z-
dc.date.issued2010-11-25-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5802-
dc.description.abstractThe present work reflects on the materialization of the Brazilian energy model in the Uruguay River basin and its consequences. It seeks to develop a balance of the construction of hydroelectric plants in this region from the seven plants already built. This text presents a systematization of the central issues that involve the construction of hydroelectric plants. These energy generation works, which were announced 30 years ago and are being built in the region, are in the service of who and for whom? What is the result for the people of the region and for the country? Also discussed are topics such as the strategic importance of hydropower and what is being discussed, the issue of energy and popular sovereignty and the issue of imperialism, the issue of development and the situation of municipalities, billing of works, financial compensation, use of public money for financing and private appropriation, consequences such as indemnification, population hit, generation of jobs and electricity tariffs. Finally, it presents the concrete balance that the plants built up to date have produced for the region and the Brazilian people.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectUsinas hidrelétricaspt_BR
dc.subjectDesenvolvimento regionalpt_BR
dc.subjectBacia do Rio Uruguaipt_BR
dc.subjectPolítica energéticapt_BR
dc.titleA materialização do modelo energético brasileiro na bacia do rio Uruguaipt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de especializaçãopt_BR
dc.contributor.advisorCo1Nadaletti , Cristiane-
dc.description.resumoO presente trabalho faz uma reflexão sobre a materialização do modelo energético brasileiro na bacia do rio Uruguai e suas conseqüências. Busca desenvolver um balanço da construção de hidrelétricas nesta região a partir das sete usinas já construídas. Este texto apresenta uma sistematização das questões centrais que envolvem a construção de hidrelétricas. Estas obras de geração de energia, que foram anunciadas há 30 anos e que paulatinamente estão sendo construídas na região estão a serviço de que e para quem? Qual é de fato o resultado para o povo da região e para o país? Também são debatidos temas como a importância estratégica da energia hidrelétrica e o que se disputa, a questão da soberania energética e popular e a questão do imperialismo, a questão do desenvolvimento e a situação dos municípios, o faturamento das obras, a compensação financeira, o uso do dinheiro público para o financiamento e apropriação privada, as conseqüências como indenizações, população atingida, geração de empregos e tarifas de energia elétrica. Por fim, apresenta o saldo concreto que as usinas construídas até o momento produziram para a região e o povo brasileiro.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regionalpt_BR
dc.publisher.programEnergia e Sociedade no Capitalismo Contemporâneopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADASpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Energia e Sociedade no Capitalismo Contemporâneo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GCCervinski-min.pdf348,32 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.