Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5925
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVilela, Claudia Guterres-
dc.contributor.authorLabre, Nathalia dos Santos-
dc.date.accessioned2018-12-04T16:46:31Z-
dc.date.available2018-12-06T02:00:09Z-
dc.date.issued2016-06-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5925-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectForaminíferospt_BR
dc.subjectParque Nacional (PARNA) da Restinga de Jurubatibapt_BR
dc.titleEcologia e deposição sedimentar em um testemunho da Lagoa Pires, Jurubatiba, RJpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1918587107634866pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5517762430584023pt_BR
dc.contributor.advisorCo1Macedo, Mariana Cardoso-
dc.contributor.advisorCo1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5697005475439114pt_BR
dc.contributor.referee1Silva, Cleverson Guisan-
dc.contributor.referee2Rios Netto, Aristóteles de Moraes-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/2055448928251991pt_BR
dc.description.resumoNo presente trabalho, o testemunho da lagoa Pires localizado no Parque Nacional (PARNA) da Restinga de Jurubatiba foi analisado para estudo dos foraminíferos bentônicos, sendo relacionado ao seu perfil granulométrico a fim de se conhecer padrões ecológicos, paleoecológicos e de deposição sedimentar. Foraminíferos bentônicos são importantes indicadores ambientais, pois caracterizam aspectos físicos e químicos do ambiente onde vivem. Em laboratório, o testemunho foi aberto e subamostrado a cada 2 cm. As amostras foram padronizadas e lavadas individualmente em peneiras de 63 e 500 μm e, logo após, foram colocadas para secar em estufa a 50º C. Em cada amostra foram triados em torno de 100 indivíduos e, após a triagem, os foraminíferos foram classificados em espécies. Índices ecológicos e resultados de Carbono Orgânico Total (COT) complementaram as análises. No testemunho foi observada uma diminuição da riqueza e da diversidade da base para o topo. A associação Ammonia/Elphidium sugere um ambiente confinado, lagunar porém com influência marinha. Ao longo de todo o testemunho os indivíduos encontram-se piritizados. Os valores de COT foram baixo por todo o testemunho, não tendo relação com a granulometria e a microfauna. A datação na base correspondeu a um período de transgressão holocênica. Espécies marinhas de plataforma estão presentes ao longo do testemunho, provavelmente tendo sido transportadas devido a tempestades e ondas e correntes de maré. Em todo o testemunho, os dados analisados sugerem um ambiente marinho na base, com variação de salinidade, havendo influência marinha por todo testemunho.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LABRE, N.S.pdf1.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.