Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5990
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorNunes, Anna Laura Lopes da Silva-
dc.contributor.authorD'Hyppolito, Lays Cristina Barcelos de Souza-
dc.date.accessioned2018-12-14T16:52:47Z-
dc.date.available2018-12-16T02:00:26Z-
dc.date.issued2017-09-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5990-
dc.description.abstractThis work presents a database created after an extensive research in the national literature, from the reporting on tests with information on site, soil type, anchorage type, test methods and pullout resistance methods of determination. The database consisted of 445 tests, of which 24 were developed in laboratory and the others in situ. The majority of the tests were carried out between Rio de janeiro and São Paulo. In addition, only Minas Gerais and Brasília presented representative numbers of tests. The analysis were done by region, soil type, executive method, direct and indirect resistance parameters. Despite the inherent dispersions associated to the wide database, the study resulted in a proposal of a new correlations between the pullout resistance and the NSPT index based on the Brazilian test results, which can be adopted for project purposes.en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAncoragempt_BR
dc.subjectResistência a traçãopt_BR
dc.subjectMecânica dos solospt_BR
dc.titleRelações empíricas para estimativa da resistência ao arrancamento de ancoragenspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8927980523473106pt_BR
dc.contributor.referee1Sayão, Alberto de Sampaio Ferraz Jardim-
dc.contributor.referee2Lima, André Pereira-
dc.contributor.referee3Danziger, Fernando Artur Brasil-
dc.contributor.referee4Pacheco, Marcus Peigas-
dc.description.resumoApresenta um banco de dados gerado após ampla pesquisa na literatura nacional, a partir da catalogação de ensaios de arrancamento de ancoragens com informações relativas ao local da obra, tipo de solo, tipo de ancoragem, métodos de ensaio e métodos de determinação da resistência ao arrancamento. O banco de dados foi composto por 445 ensaios, sendo 24 ensaios realizados em laboratório e os demais em campo. A grande maioria dos ensaios foi realizada no eixo Rio de Janeiro – São Paulo. Além desses, apenas Minas Gerais e Brasília apresentaram quantidade representativa de ensaios. Foram analisados os dados por região, por tipo de solo, por método executivo e por parâmetros de resistência diretos e indiretos. Apesar das dispersões inerentes ao banco de dados abrangente, o estudo possibilitou a proposta de novas correlações para determinação da resistência ao arrancamento de grampos em função do índice NSPT, tipo de solo e número de injeções, com base nos resultados de ensaios brasileiros, que podem ser adotadas como estimativas na fase de projeto.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenhariapt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Civilpt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL::GEOTECNICA::MECANICAS DAS ROCHASpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
867838.pdf2,89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.