Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5994
Tipo: Dissertação
Título: Análise do problema de máxima geração distribuída observando o critério estático da estabilidade de tensão
Autor(es)/Inventor(es): Abreu, Isabela Fernanda Natal Batista
Orientador: Taranto, Glauco Nery
Resumo: A expansão da geração distribuída (GD) no cenário eletroenergético brasileiro e mundial é acompanhada de uma série de vantagens, desvantagens e incertezas a respeito do comportamento do sistema em relação a critérios como confiabilidade, disponibilidade e estabilidade de tensão. À medida que novos acessantes solicitam o ingresso na rede de distribuição, avaliações visando ao maior/melhor aproveitamento da energia gerada pelas unidades de GD, por meio da otimização de uma ou mais grandezas do sistema, tornam-se cada vez mais alvos de pesquisa no setor elétrico. Neste contexto, o presente trabalho tem por objetivo avaliar se o Ponto de Máxima Geração Distribuída (MGD) obtido a partir da formulação clássica do Fluxo de Potência Ótimo (FPO) com restrições operativas, ora resolvido pelo Método de Pontos Interiores associado à meta-heurística de Busca Dispersa, é, invariavelmente, estável a pequenas perturbações ou se, em alguns cenários, pode ser instável (recaindo, então, na parte inferior das curvas PV). Caso encontrado pelo menos um ponto ótimo instável, revela-se necessária a inclusão da análise de estabilidade de tensão na formulação consagrada do FPO para a obtenção do novo ponto de operação ótimo (embora relacionado a uma injeção de ativo que pode ser inferior à alcançada via formulação clássica), factível e normal.
Resumo : The Distributed Generation (DG) growth in Brazil and worldwide is followed by many advantages, disadvantages and uncertainties about the system behavior regarding some criteria such as reliability, availability and voltage stability. As new DG players request their connection in the distribution network, a comprehensive analysis must be performed, in order to better assess their impact in the network. This work formulates the Maximum Hosting Capacity (MHC) as an optimization problem built upon the classical Optimal Power Flow (OPF), solved by an Interior-Point Method combined with Scatter Search Metaheuristics. The MHC problem, invariably constrained either by overvoltages or overcurrents, may yield a solution that can lie in the bottom part of the classical PV curve in static voltage stability analysis. If this is the case, there is a need to reformulate the optimization problem including a new constraint to enforce solutions only on the upper part of the PV curve.
Palavras-chave: Engenharia elétrica
Estabilidade de tensão
Geração distribuída
Assunto CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA ELETRICA::SISTEMAS ELETRICOS DE POTENCIA::TRANSMISSAO DA ENERGIA ELETRICA, DISTRIBUICAO DA ENERGIA ELETRICA
Programa: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica
Unidade produtora: Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia
Editora: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Mar-2017
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Engenharia Elétrica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
865996.pdf2.32 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.