Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/6443
Type: Tese
Title: Verificação da hipótese auto-imune da esquizofrenia com técnicas e aportamento molecular
Author(s)/Inventor(s): Mesquita, Ricardo Pires
Advisor: Carvalho, Luis Alfredo Vidal de
Abstract: A esquizofrenia é uma doença mental grave caracterizada pela ocorrência de delírios, alucinações, transtornos de pensamento e déficits cognitivos. Sabe-se que alterações no processo de neurotransmissão constituem o mecanismo fisiopatológico fundamental subjacente à expressão dos sintomas desta doença. Como a etiologia da esquizofrenia ainda não foi elucidada, diversas hipóteses vem sendo apresentadas para direcionar as pesquisas neste sentido. Dentre estas hipóteses há a hipótese neuroimunológica, segundo a qual a esquizofrenia poderia decorrer de um processo inflamatório do sistema nervoso central. O objetivo deste trabalho é de, por meio de simulações computacionais, verificar a interação dos neurotransmissores que estão normalmente envolvidos em processos inflamatórios (Interleucina-6) e aqueles que são responsáveis por metabolizar a serotonina e a dopamina (Catecol-O-Metiltransferase e Monoaminoxidase-A), cujo excesso leva aos sintomas da esquizofrenia. Tais simulações se utilizam de estruturas in silico das macromoléculas envolvidas. A afinidade e previsibilidade das reações são avaliadas por meio de técnicas computacionais de docking molecular.
Abstract: Schizophrenia is a serious mental illness characterized by the occurrence of delusions, hallucinations, thinking disorders and cognitive deficits. It is known that changes in the neurotransmission process constitute the fundamental pathophysiological mechanism underlying the expression of the symptoms of this disease. As the etiology of schizophrenia has not been elucidated yet, several hypothesis have been presented to guide the research in this direction. Among these hypothesis is the neuroimmunological hypothesis, according to which schizophrenia could be due to an inflammatory process of the central nervous system. The objective of this work is to verify the interaction of neurotransmitters that are normally involved in inflammatory processes (Interleukin-6) and those that are responsible for metabolizing serotonin and dopamine (Catechol-OMethyltransferase and Monoaminoxidase-A), whose excess leads to the symptoms of schizophrenia. Such simulations are performed using in silico structures of the macromolecules involved. The affinity and predictability of the reactions are evaluated by means of molecular docking computational techniques.
Keywords: Computação aplicada
Neurociências
Esquizofrenia
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::CIENCIA DA COMPUTACAO::MATEMATICA DA COMPUTACAO::MODELOS ANALITICOS E DE SIMULACAO
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas e Computação
Department : Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: Sep-2017
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Engenharia de Sistemas e Computação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
867837.pdf1,82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.