Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/6533
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAfonso, Júlio Carlos-
dc.contributor.authorAlmeida, Rodrigo dos Santos-
dc.date.accessioned2019-02-17T03:02:49Z-
dc.date.available2019-02-19T03:00:23Z-
dc.date.issued2009-07-15-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/6533-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMedicina nuclearpt_BR
dc.subjectRadionuclídeospt_BR
dc.subjectRadioatividadept_BR
dc.subjectEnsino de químicapt_BR
dc.titleMedicina nuclear: do surgimento à atualidade pela ótica dos radionuclídeospt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/7183851351375986pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4892215443294874pt_BR
dc.contributor.referee1Silva, Edílson Clemente da-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4768385802548048pt_BR
dc.contributor.referee2Gonçalves, Maria do Rocio Bencke-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0414409886427236pt_BR
dc.description.resumoEsta monografia tem o objetivo de apresentar aspectos históricos sobre a Medicina Nuclear, a partir de sua inserção na história da radioatividade, relatando através dos radionuclídeos a evolução dos primeiros usos destes na área médica, seguido da diversificação do emprego de diferentes radionuclídeos tanto na terapia quanto no diagnóstico. Para realização deste trabalho empregaram-se livros de diferentes épocas de publicação, artigos científicos e algumas referências idôneas publicadas na Internet. Primeiramente apresenta-se a descoberta da radioatividade, os principais eventos relacionados, e na seqüência estabelece-se a ponte com a medicina e as primeiras utilizações de radionuclídeos (ou radioisótopos) nesta área. A seguir descreve-se o surgimento da Medicina Nuclear como especialidade e os avanços obtidos em terapia. Ainda nessa fase visualiza-se a etapa seguinte, que se estabelece com o despontar dos avanços da medicina diagnóstica, possibilitado pela produção artificial de radionuclídeos. Conseqüentemente relatam-se os radionuclídeos de expressão na Medicina Nuclear, os objetos de estudo, a tecnologia das marcações e o emprego de diferentes substâncias, e o surgimento da Radiofarmácia e dos radiofármacos propriamente ditos. Pelo embasamento técnico verifica-se a necessidade de implementação de controles e critérios para o uso racional dos radionuclídeos em Medicina Nuclear. A seguir é apresentada a última fase evolutiva com a produção de radiofármacos de meia-vida ultra curta possibilitando o surgimento do PET (tomografia por emissão de pósitron). A exposição do assunto radioatividade através da Medicina Nuclear e dos radionuclídeos serve para chamar a atenção de que este tema merece ser muito explorado, já que representa uma realidade presente na vida cotidiana das pessoas. Além disso, é um exemplo de que, quando utilizado de forma pacífica e benéfica, dentro dos parâmetros de proteção, a radioatividade representa um tema de ensino capaz de despertar o interesse do aluno pela ciência e seus grandes feitos, fato esse realçado se esse trabalho for acompanhado pela aplicação prática do conhecimento.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Químicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rodrigo dos Santos Almeida.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.