Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/6583
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPenna, João Camillo Barros de Oliveira-
dc.contributor.authorNeves, Fillipe Silveira-
dc.date.accessioned2019-02-22T18:54:57Z-
dc.date.available2019-02-24T03:00:18Z-
dc.date.issued2019-01-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/6583-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectLiteratura francesapt_BR
dc.subjectModiano, Patrickpt_BR
dc.subjectCrítica e interpretaçãopt_BR
dc.titleFigurações da memória em Patrick Modianopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4617885768293954pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/7814037458500596pt_BR
dc.description.resumoDiscute o papel da arte mnemônica na obra de Patrick Modiano sobretudo em dois romances: Pour que tu ne te perdes pas dans le quartier (2014) e Souvenirs dormants (2017). No interior dessa temática geral, interessa-me defender a importância dos rastros (traces, em francês), ou dos traços (traits, em francês), para o processo narrativo de Modiano. Para isso tomarei como meu texto de base, “Sinais. Raízes de um paradigma indiciário”, incluído no volume de ensaios, Mitos, emblemas, sinais: morfologia e história, de Carlo Ginzburg (1989), uma obra de referência sobre o chamado “paradigma indiciário”. Ligado a este tema geral, gostaria de analisar a importância imensurável das palavras e imagens e sua potencialização de ativar rememorações dos personagens nestes romances de Modiano.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Letraspt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURAS ESTRANGEIRAS MODERNASpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Letras - Francês

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NEVES, F.S.pdf653,36 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.