Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/6777
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSilva, Sérgio Luiz Baptista da-
dc.contributor.authorSilva, Tadeu Augusto de Azevedo Vasconcelos-
dc.date.accessioned2019-03-20T17:27:30Z-
dc.date.available2019-03-22T03:00:34Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/6777-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectFormação de professorespt_BR
dc.subjectLicenciaturapt_BR
dc.subjectEnsino de língua estrangeirapt_BR
dc.titleFormação de professores de FLE na UFRJ: perspectivas para o ensino do idiomapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.description.resumoAnalisa a formação ofertada ao corpo discente do curso de Licenciatura em Letras Português-Francês da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), visando saber, junto a um grupo de alunos nos semestres finais da graduação, inscritos na disciplina de Práticas de Ensino de Francês, no primeiro semestre de 2019, se os mesmos se sentem preparados para ensinar Francês Língua Estrangeira (FLE) para os diversos tipos de público, assim como suas impressões pessoais sobre o curso. A motivação deste trabalho surgiu após conversas informais entre pares do corpo discente do curso em questão nas quais afirmavam que as disciplinas específicas de língua francesa não os preparavam para dar aula de FLE como deveriam. A escolha de autores que discutem a formação de professores de língua estrangeira, tendo maior foco na formação de professores de FLE, para servir de embasamento teórico, permitiu reter pesquisas como as de ALBUQUERQUE COSTA & MARINELLI (2008), ALMEIDA FILHO (2004), ARAÚJO (2010), AZEVEDO & PIRIS (2015), CASTRO (2010), GONÇALVES (2014), HANNA (2009), MACEDO & GALLI (2014), OLIVEIRA (2014), OLIVEIRA (2015), ROSA (2013), SANTOS (2011), SILVA (2013), TEIXEIRA (2013) e outros, nas quais é possível informar-se de que normalmente a formação inicial ofertada aos futuros professores de língua estrangeira pelas Instituições de Ensino Superior não é suficiente para que esses estejam aptos para trabalhar com os variados públicos, daí a necessidade de uma formação continuada e de reformulação dos cursos de licenciatura. Tais referenciais também permitiram tomar conhecimento da importância do processo de reflexão na prática docente. Calcando, portanto, esta pesquisa em uma perspectiva reflexiva e conduzindo-a por meio de uma metodologia qualitativa do tipo ‘estudo de caso’, optou-se por proceder a uma análise documental para examinar a oferta de disciplinas ligadas à língua francesa no curso em questão e à aplicação de um questionário para ser respondido pelos alunos escolhidos para participar da mesma. Os resultados apontam que, para o grupo participante da pesquisa, há alguns fatores no curso de formação de professores de Licenciatura em Letras Português-Francês da UFRJ que os impedem de se sentirem plenamente aptos a lecionarem o ensino-aprendizagem de língua francesa, o que evidencia uma necessidade de se repensar o currículo do mesmo buscando aproximá-lo das reais necessidades do mercado e das demandas do corpo discente.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Letraspt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUAS ESTRANGEIRAS MODERNASpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Letras - Francês

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TAAVSilva.pdf452.79 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.