Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/6951
Type: Tese
Title: Resistência última de navios e plataformas danificados por colisões
Author(s)/Inventor(s): Amante, Diogo do Amaral Macedo
Advisor: Estefen, Segen Farid
Abstract: Eventos extremos podem levar um elemento estrutural a experimentar um cenário de carregamento acima de um limite crítico, conhecido como resistência última. Essa falha estrutural, em alguns casos, pode desenvolver o colapso progressivo de outros elementos estruturais e gerar consequências catastróficas. As colisões offshore aumentam os riscos de ocorrência de uma falha extrema. Com a crescente demanda por segurança no mar e proteção ao meio ambiente, existe um grande interesse em se prever as consequências das colisões entre navios e plataformas para que sejam tomadas as devidas medidas de prevenção ou minimização dos danos estruturais e ao meio-ambiente. A severidade e o potencial de prejuízos com os acidentes envolvendo colisões entre embarcações em termos financeiros e ao meio ambiente indicam a importância da avaliação das consequências destes acidentes. A tese investiga a resistência última e o colapso progressivo de navios e plataformas danificados por colisões através do método dos elementos finitos. A análise da colisão e posterior verificação de resistência residual é um processo complexo, altamente não linear e, principalmente, envolve grandes deformações plásticas. Para avaliar a gravidade do dano, há a necessidade de desenvolver modelos numéricos robustos e confiáveis. Consequentemente, foram realizados testes experimentais com modelos reduzidos intactos e danificados de painéis enrijecidos e vigas-caixão. Espera-se obter resultados que aumentem o entendimento dos mecanismos de falha estrutural, considerando danos que abrangem desde pequenas mossas, até danos extensos em uma grande área do casco de um navio ou plataforma do tipo FPSO.
Abstract: Extreme events may lead to a structural element experiencing a loading scenario above a critical limit known as ultimate strength. This structural failure, in some cases, can develop into the progressive collapse of other structural elements and generate catastrophic consequences. Offshore collisions increase the risk of extreme failure. With increasing demand for safety at sea and protection of the environment, there is a strong interest in predicting the consequences of ship collisions for preventing and minimizing damage to structures and the environment. The severity and potential of accidents with offshore collisions in terms of financial and environmental loss show the great importance of evaluating collision scenarios and the consequences of these accidents. The thesis investigates the ultimate strength and progressive collapse of ships and platforms damaged by collisions using the finite element method. Collision analysis and subsequent verification of residual resistance is a complex, highly nonlinear process and, mainly, involves large plastic deformations. To assess the severity of the damage, there is a need to develop robust and reliable numerical models. Consequently, experimental tests were performed with reduced intact and damaged models of stiffened panels and box girders. Results are expected to increase understanding of structural failure mechanisms, considering damages ranging from small dents to extensive damage to a large area of a ship's hull or FPSO-type platform.
Keywords: Engenharia oceânica
Plataformas danificadas
Navio x colisão.
Subject CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA NAVAL E OCEANICA
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Oceânica
Department : Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: Oct-2017
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/6951
Appears in Collections:Engenharia Oceânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
865078.pdf9,3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.