Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/788
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGutierrez, Margarida Maria Gomes Pereira Sarmiento-
dc.contributor.authorNiemeyer, Antonio Octavio de-
dc.date.accessioned2016-09-19T13:40:59Z-
dc.date.available2016-09-21T03:00:13Z-
dc.date.issued2015-03-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/788-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectDívida públicapt_BR
dc.subjectAjuste fiscalpt_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.titleDívida pública brasileira: perfil e evolução entre 1999 e 2010pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9062752844041628pt_BR
dc.contributor.referee1Licha, Antonio Luís-
dc.contributor.referee2Homsy, Nelson Chalfun-
dc.description.resumoAnalisa a evolução da dívida pública brasileira entre o ajuste fiscal iniciado em 1999 e o fim do governo Lula, em 2010. Procura-se mostrar que se hoje o país goza de uma posição fiscal relativamente confortável, permitindo-se o não cumprimento de metas fiscais e a alteração da Lei de Responsabilidade Orçamentária, tal posição deve-se ao ajuste fiscal iniciado em 1998, durante o governo FHC, e levado adiante pelo governo Lula. Assim, o ajuste de 1999 é visto como um ponto de inflexão na gerência da situação fiscal do país, e é ressaltada a importância do compromisso das autoridades com as metas fiscais pré estabelecidas. O trabalho mostra que, embora a relação dívida líquida/PIB tenha crescido entre 1999 e 2002, tal crescimento foi consequência de resultados extraordinários, e os resultados primário, operacional e nominal mostraram clara melhora neste período frente aos anos anteriores. Chama-se atenção para o compromisso de Lula quanto às metas fiscais estabelecidas pelo governo anterior, e para a diminuição da relação dívida líquida/PIB durante seu mandato. Duas conclusões importantes são: a) O comprometimento das autoridades quanto ao resultado fiscal é essencial para a sustentabilidade da situação fiscal; b) Embora a dívida líquida tenha diminuído em relação ao PIB, a dívida bruta continua a crescer de maneira ameaçadora, e merece atenção dos especialistas e das autoridades.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA COMPLETA.pdf1.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.