Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/7991
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorRezende, Michelle Jakeline Cunha-
dc.contributor.authorSantos, Nathalya Cister Barbosa dos-
dc.date.accessioned2019-05-20T17:59:57Z-
dc.date.available2019-05-22T03:00:38Z-
dc.date.issued2018-05-08-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/7991-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectÁcido maleicopt_BR
dc.subjectCorrosão ácidapt_BR
dc.subjectInibidores de corrosãopt_BR
dc.subjectAço carbono 1020pt_BR
dc.titleSíntese e avaliação de derivados de ácido maleico candidatos a inibidores de corrosãopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8174906526130941pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3318934062304868pt_BR
dc.description.resumoEsse trabalho de conclusão de curso apresenta a síntese, caracterização e avaliação de derivados de ácido maleico candidatos a inibidores de corrosão. A reação entre maleato de dimetila e diferentes aminas levou a formação de produtos com estruturas características para a atuação como inibidores de corrosão, visto que possuem heteroátomos como nitrogênio e oxigênio, sendo assim, moléculas de alta densidade eletrônica. Cinco produtos foram sintetizados com rendimentos que variaram de 47% a 100%. Os ésteres derivados do ácido maleico foram obtidos pela reação de esterificação de Fischer sob refluxo, enquanto as reações de adição de Michael foram realizadas a temperatura ambiente. Os produtos foram caracterizados por Espectroscopia na região do Infravermelho e Ressonância Magnética Nuclear de Hidrogênio e Carbono. A avaliação quanto à inibição da corrosão foi realizada a partir de ensaios gravimétricos em meio de HCl 1 mol L-1, utilizando placas de aço-carbono 1020. A partir dos ensaios gravimétricos observou-se que o produto 7, resultante da adição de Michael do aminopropanol ao maleato de monometila, apresentou eficiência de inibição acima de 60% após 2 horas de imersão em concentração igual a 1x10-4 mol L-1. Para este produto então, foram realizados ensaios variando concentração, temperatura e tempo de imersão. A eficiência de inibição aumentou com a concentração e tempo de imersão, obtendo-se eficiência de aproximadamente 90% na concentração 5x10-3 mol L-1 do inibidor em 24 horas do tempo de imersão. Os resultados preliminares obtidos mostram que derivados de ácido maleico apresentam potencial como inibidores de corrosão do aço-carbono 1020 em presença de solução ácida de HCl 1 mol L-1.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Químicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::QUIMICA ORGANICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nathalya Cister Barbosa dos Santos.pdf1,17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.