Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/800
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorStrozenberg, Ilana-
dc.contributor.authorLima, Marina Ivo de Araujo-
dc.date.accessioned2016-09-20T19:44:20Z-
dc.date.available2016-09-22T03:00:11Z-
dc.date.issued2004-11-25-
dc.identifier.citationLIMA, Mariana Ivo de Araujo. O cinema e a visão da criança em conflitos políticos. 2004. 53 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2004.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/800-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectLinguagem jornalísticapt_BR
dc.subjectConflito socialpt_BR
dc.subjectCinemapt_BR
dc.titleO cinema e a visão da criança em conflitos políticospt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0352176322106482pt_BR
dc.description.resumoAtualmente, o conflito político e religioso entre Israel e Palestina tem ocupado espaço de destaque na mídia mundial. Fugindo da padronização da linguagem jornalística, o documentário “Promessas de um Novo Mundo” analisa o conflito a partir da ótica de sete crianças, moradoras da região. O presente trabalho realiza um estudo etnográfico do documentário em questão tendo como foco o cineasta como produtor de uma nova realidade e a criança como narradora do conflito.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Comunicaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Aparece nas coleções:Comunicação - Jornalismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MLima.pdf509,44 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.