Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/8041
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMattos, Isabel Cristina Pereira Margarit-
dc.contributor.authorMiranda, Marcelo-
dc.date.accessioned2019-05-22T12:32:18Z-
dc.date.available2019-05-24T03:00:13Z-
dc.date.issued2011-01-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/8041-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAço inoxidável super duplexpt_BR
dc.subjectTratamento térmico de solubilizaçãopt_BR
dc.subjectCorrosãopt_BR
dc.subjectDL-EPRpt_BR
dc.subjectNitretos de cromopt_BR
dc.subjectPar Galvânico Ferrita/Austenitapt_BR
dc.titleAspectos metalúrgicos e de corrosão do aço inoxidável super duplex UNS S32750pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorCo1Assis, Kioshy Santos de-
dc.contributor.referee1Mattos, Oscar Rosa-
dc.contributor.referee2Almeida, Luiz Henrique de-
dc.contributor.referee3Bastian, Fernando Luiz-
dc.description.resumoO aço inoxidável superduplex UNS S32750 foi submetido a tratamentos térmicos de solubilização nas temperaturas de 1120°C, 1220°C e 1300°C durante uma hora, seguido de resfriamento em água. A influência da temperatura nas relações ferrita/austenita e os tamanhos de grão foi avaliada através de metalografia quantitativa. As amostras solubilizadas foram submetidas a ensaios eletroquímicos utilizando a técnica de Reativação Potenciodinâmica Eletroquímicacom Dupla Varredura(DL-EPR) seguindo a norma ISO 12732. Também foram realizados ensaios de perda de massa segundo as recomendações das normas ASTM G1 e G31.O aumento da temperatura de solubilização acarretou crescimento do tamanho de grão, aumento da fração volumétrica da ferrita e diminuição do fator de forma. No ensaio de perda de massa a amostra solubilizada a 1120°C teve a maior resistência à corrosão.Com base nos ensaios de DL-EPR, a amostra solubilizada a 1120°C apresentou as maiores razõesIr/Ipe Qr/Qp, mesmo procedendo-se à normalização desses resultados em função dos tamanhos de grão.Esse resultado não apresenta correlação direta com a perda de massa nem com a possível precipitação de nitretos.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola Politécnicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Engenharia Metalúrgica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
monopoli10003546.pdf2.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.