Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/8587
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: Jogo de forças arte, experiência, poder e subjetividade
Author(s)/Inventor(s): Augusto, Philipe F
Advisor: Velloso, Beatriz Pimenta
Abstract: Este trabalho pretende refletir sobre o pensamento de filósofos contemporâneos, sobretudo, Michel Foucault e Gilles Deleuze, na produção de obras específicas de Arte Contemporânea. A hipótese de “obra dispos itivo” que o trabalho desenvolve investiga a ideia da obra de arte como um dispositivo de contrapoder, tendo como questão essencial a potência transformadora da arte na subjetividade. As obras que são analisadas nesta pesquisa foram produzidas por meio de embates vivenciados na sociedade contemporânea e parecem produzir atos micropolíticos capazes de gerar impactos estéticos que sugerem alterar uma experiência sensível hegemônica da vida, potencializando o próprio pensamento na concepção de realidades e na formação de si.
Keywords: Escultura
Arte contemporânea
Michel Foucault
Gilles Deleuze
Subject CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::ARTES PLASTICAS::ESCULTURA
Department : Escola de Belas Artes
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 2017
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Citation: AUGUSTO, Philipe F. Jogo de forças: arte, experiência, poder e subjetividade. 2017. 54 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais - Escultura) - Escola de Belas Artes, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.
URI: http://hdl.handle.net/11422/8587
Appears in Collections:Artes Visuais - Escultura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PAugusto.pdf3,22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.