Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/866
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorStruchiner, Miriam-
dc.contributor.authorVieira, Joelma de Souza-
dc.date.accessioned2016-10-11T15:56:37Z-
dc.date.available2016-10-13T03:00:14Z-
dc.date.issued2011-05-27-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/866-
dc.description.abstractThis paper deals with the issue of Distance Education (EAD) during the continuing teacher’s formation process. The aim of this study is to check if the EAD by Internet or print media can be considered a strategy in the continuing teacher’s formation, taking into consideration its possibilities and limitations during the learning environment. The interest about this issue is due to our involvement in the formation of teachers who works in a municipal school in Rio de Janeiro. At first we take into consideration a reference theory about teachers formation considering not only the initial teacher’s formation but the continuing teacher’s formation according to Nóvoa (1992 and 1995), Candau (1998), Belloni (1998 and 1999) and Libâneo (2004). It is worth to mention that the continuing teacher’s formation was examined in the 90’ decade, taking into account our personal experience as municipal teacher. The concepts, characteristics, principles and history of EAD were checked in the publication of LDB 9394/96. In addition to this, the technologies and the continuing teacher’s formation programme were examined by MEC associated with public universities. In order to do that, we make a field study considering quantity and quality approach, collecting information by a questionnaire with twenty teachers from public schools in Rio de Janeiro who have experience of EAD courses. Thus, after the studies and the reflection of the issue, we come to conclusion that the EAD offers an alternative so that the permanent teacher’s formation, may become continuous into an environment of democratization of knowledge.en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEducação a distânciapt_BR
dc.subjectFormação de professorespt_BR
dc.subjectInternet na educaçãopt_BR
dc.subjectTeacher's formationpt_BR
dc.subjectDistance educationpt_BR
dc.subjectEducational technologypt_BR
dc.titleA EAD: uma nova estratégia para formação continuada do professorpt_BR
dc.title.alternativeThe EAD: the new strategy for the continuing teacher‘s formationen
dc.typeTrabalho de conclusão de especializaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4637203974207161-
dc.contributor.referee1Giannella, Taís Rabetti-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3610751337445829-
dc.contributor.referee2Dupret, Lúcia Maria-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/5123924802310769-
dc.description.resumoEsta monografia trata da questão da Educação a Distância (EAD) no processo de formação continuada do professor. O estudo tem como objetivo averiguar se a EAD, via Internet e mídia impressa, pode ser considerada uma estratégia na formação continuada do professor, compreendendo suas possibilidades e limitações enquanto ambiente de aprendizagem. O interesse neste tema nasceu em virtude de nosso envolvimento durante muitos anos como formadora de professores em exercício em uma escola da rede municipal do Rio de Janeiro. A princípio, abordamos o referencial teórico sobre formação de professores, envolvendo tanto a formação inicial quanto a formação continuada do professor, balizada nos estudos de Nóvoa(1992 e 1995), Candau(1998) Belloni(1998 e 1999) e Libâneo(2004), entre outros. A formação continuada de professores na rede municipal do Rio de Janeiro também foi revista a partir da década de 90, fruto de nossa experiência pessoal, enquanto professor desta rede. A EAD teve sua conceituação, características, princípios e história revistos a partir da publicação da LDB 9394/96. As tecnologias utilizadas na EAD foram examinadas, como também os programas de formação continuada de professores através da EAD realizadas a partir de iniciativas do MEC em parceria com Universidades públicas. Realizamos uma pesquisa de campo combinando uma abordagem quantitativa com qualitativa coletando informações por meio de um questionário com vinte professores da rede pública no Rio de Janeiro que possuem experiência com cursos de EAD. Desta forma, a partir dos estudos realizados e da reflexão sobre os dados apurados, foi possível considerar alguns pontos para que a EAD possa contribuir como alternativa para que o processo de formação permanente do professor se torne contínuo e em um espaço de democratização do conhecimento.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto NUTES de Educação em Ciências e Saúdept_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Educação em Ciências e Saúdept_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM::TECNOLOGIA EDUCACIONALpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Mídias na Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
778136.pdf478.51 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.