Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/8862
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPires, Fernando Roberto Mendes-
dc.contributor.authorFerreira, Marcelo dos Santos Fernandes-
dc.date.accessioned2019-07-19T16:18:48Z-
dc.date.available2019-07-21T03:00:09Z-
dc.date.issued2000-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/8862-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectZincopt_BR
dc.subjectChumbopt_BR
dc.subjectMina Morro Agudopt_BR
dc.subjectParacatu (MG)pt_BR
dc.titleDeformação e mineralização de zn-pb da mina Morro Agudo, Paracatu, MGpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3798480220666153pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0933766353083143pt_BR
dc.contributor.referee1Castro, Antônio Carlos Jacome de-
dc.contributor.referee2Dayan, Henrique-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/3101258569889454pt_BR
dc.description.resumoA jazida de sulfetos de zinco-chumbo de Morro Agudo situada na região N-NW do Estado de Minas Gerais, está encaixada em rochas carbonáticas pertencentes ao Proterozóico Superior, Grupo Bambuí, Formação Vazante. A mineralização está hospedada em dolarenitos calcíticos finos a grossos e em brechas intraformacionais, constituídas por clastos angulosos de dolomito e matriz dolarenítica calcítica. O minério compõe o cimento dessas rochas, substituindo a matriz carbonática anterior. Um minério posterior também é encontrado, preenchendo veios, fraturas e cavidades na rocha. As feições texturais e estruturais encontradas nas rochas hospedeiras, evidenciam ambiente recifal, tipo recife de barreira, onde a mineralização está associada à zona back reef ou pós-recife. Trata-se de um depósito bandado, tipo estratiforme com bandas de minério de alto teor intercaladas com níveis de baixo teor. Nesta feição encontram-se, às vezes, finas bandas de pirita e dolomita associadas, além de veios concordantes com esse bandamento composicional. A jazida de Morro Agudo é classificada como sendo do tipo hidrotermal epigenética formada em zona de baixo grau metamórfico especificamente da clorita. A esfalerita e a galena foram depositadas em condições de baixa temperatura, não superior a 200 ºC durante o anquimetamorfismo dessas rochas. . A estrutura geológica anteriormente considerava os estratos e o minério deslocados por sistemas de falhas gravitacionais. Na proposta atual são levados em conta dobras recumbentes associadas a empurrões com vergência para E, zonas de cizalhamento de baixo ângulo associadas seguida pelo falhamento acima descrito.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FERREIRA, M. dos S. F.pdf42.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.