Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/8980
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBorges, Carmen Lucia Tancredo-
dc.contributor.authorCotia, Beatriz Pamplona-
dc.date.accessioned2019-08-01T10:37:51Z-
dc.date.available2019-08-03T03:00:15Z-
dc.date.issued2012-02-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/8980-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEngenharia Elétricapt_BR
dc.subjectSistema Interligado Nacionalpt_BR
dc.subjectPlanejamento da operação energéticapt_BR
dc.subjectNewavept_BR
dc.subjectDecomppt_BR
dc.subjectCepelpt_BR
dc.titleAnálise de sensibilidade na adoção de diferentes critérios de segurança no planejamento da operação energética de sistemas interligadospt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorCo1Leite, Luciano Contin Gomes-
dc.contributor.referee1Lima, Antonio Carlos Siqueira de-
dc.contributor.referee2Assis, Tatiana Mariano Lessa de-
dc.description.resumoO Sistema Interligado Nacional - SIN - é um sistema hidrotérmico de grande porte e único em âmbito mundial. Sua operação é realizada pelo ONS- Operador Nacional do Sistema Elétrico - sob regulamentação da ANNEL - Agência Nacional de Energia Elétrica - e guiado pelos Procedimentos de Rede, onde estão definidas as atribuições e deveres das instituições do Setor Elétrico Brasileiro- SEB - no planejamento e na operação do SIN. O sistema é operado seguindo metas e diretrizes consolidadas nas etapas de planejamento. Tais diretrizes são formuladas à luz de critérios que garantem segurança, qualidade e continuidade do suprimento de energia elétrica. Um dos critérios utilizado é o N-1, o qual garante que o sistema “sobrevive” a contingências simples na rede de transmissão sem corte de carga. Esse critério pode se estender a N-2, N-3 etc. O critério N-2 é utilizado em alguns ramos de transmissão do SIN quando há motivos para aumento de segurança. Nesse trabalho, será analisado o impacto da adoção de critério N-1 em todo o SIN,ou adoção de critério N-2 em alguns dos ramos de transmissão da rede Básica, no planejamento da operação energética, com utilização dos modelos Newave e Decomp e do Cepel.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola Politécnicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA ELETRICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Engenharia Elétrica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
monopoli10005030.pdf1.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.