Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/9274
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPolivanov, Helena-
dc.contributor.authorCarpio, Carolina da Silva-
dc.date.accessioned2019-08-30T17:32:32Z-
dc.date.available2019-09-01T03:00:15Z-
dc.date.issued2005-05-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/9274-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectContaminação por metalpt_BR
dc.subjectMatéria orgânicapt_BR
dc.subjectSorçãopt_BR
dc.titleMecanismos de sorção do íon cobre em solos residuais jovens acrescidos com diferentes tipos de matéria orgânicapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5585486490281012pt_BR
dc.contributor.referee1Alamino, Renata de Carvalho Jimenez-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1164425712400018pt_BR
dc.contributor.referee2Silva Júnior, Gerson Cardoso da-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/4103236636522942pt_BR
dc.description.resumoO presente trabalho tem como objetivo estudar e comparar o comportamento sortivo de solos residuais provenientes de gnaisses do estado do Rio de Janeiro quando misturados a distintas proporções de matéria orgânica e matéria orgânica acrescida de adubo orgânico. Este estudo procura analisar a contribuição dos dois tipos de matéria orgânica nos processos de adsorção do íon metálico cobre. O perfil de onde foram coletadas as amostras deformadas do horizonte C (solo residual jovem) situa-se dentro de uma saibreira, no bairro de Jacarepaguá, e as amostras de matéria orgânica foram coletadas no bairro de Santa Cruz, ambos os bairros são localizados no município do Rio de Janeiro. A metodologia empregada consistiu na realização de análises físicas (ensaio granulométrico), químicas (determinação de pH em água e em KCI, teor de carbono orgânico e matéria orgânica, CTC e análise química total) e mineralógicas (difratometria de Raios-x) para caracterizar os materiais. Em seguida, foram realizadas separadamente as misturas do solo residual com os dois tipos de matéria orgânica nas seguintes proporções: 100:0, 75:25; 50:50; 25:75; 0:100 (% solo; % matéria orgânica). Com a finalidade de determinar o tempo de estabilização esses materiais foram contaminados com uma solução de 2000 ppm de Cu e posteriormente levados a batelada com soluções de 250, 500, 750, 1000, 1250, 1500 e 1750 ppm de Cu. Os dados dos ensaios foram analisados por meio de absorção atômica, as isotermas de sorção foram determinadas e os melhores modelos (Freudlich, Langmuir e Langmuir 2) escolhidos. Os resultados mostraram que os dois tipos de matéria orgânica possuem efeito redutor do transporte de contaminantes devido a alta sorção apresentada nos ensaios com o aumento das mesmas. Com relação ao adubo orgânico utilizado na área de estudo, o resultado encontrado não correspondeu as expectativas, pois não foi possível verificar a influência esperada nos mecanismos de sorção. Este fato pode ser explicado, pois os resultados dos teores de carbono orgânico obtidos nos ensaios químicos apresentam valores muito próximos aos da matéria orgânica desprovida de adubo.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CARPIO, C.S.pdf24.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.