Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/9281
Type: Dissertação
Title: Previsão de vida remanescente de aço ferrítico 2,25Cr-1Mo envelhecido em serviço
Author(s)/Inventor(s): Santos, Tamirys Rodrigues
Advisor: Almeida, Luiz Henrique de
Co-advisor: Furtado, Heloisa Cunha
Abstract: Materiais para aplicações em operação em altas temperaturas e pressões por longos tempos devem conter boa resistência à fluência e à oxidação. Para esta finalidade são frequentemente utilizados os aços ferríticos, em especial da classe Cr-Mo. Os aços desta classe se degradam devido à longa exposição em elevadas temperaturas, tal fato torna primordial a averiguação das mudanças microestruturais e os fatores que afetam o comportamento do material em fluência. O objetivo do trabalho foi avaliar a previsibilidade dos métodos de previsão de vida utilizando dados de fluência obtidos a partir de um aço 2,25Cr-1Mo envelhecido em serviço por 280.000 horas e outro semelhante na condição de novo. A partir dos resultados dos ensaios foram construídas curvas de extrapolação de vida remanescente e analisadas as microestruturas das amostras que foram submetidas a diferentes graus de tensão e temperaturas de 500 e 550°C. Foi demonstrado que o método de Larson-Miller se mostrou mais adequado na previsão obtida a partir dos dados do aço envelhecido, tendendo a previsão do novo. Na microestrutura, a presença de carbonetos do tipo M6C se caracterizou um marcador do grau de degradação do aço.
Abstract: Materials for long time, high temperature and pressure applications must be resistant to creep and oxidation. For this purpose, Cr-Mo ferritic steels are widely used, which makes important the investigation of their microstructural changes and creep behaviors. The aim of this research is evaluate life prediction parametric methods using creep data obtained from 2.25 Cr-1Mo steel in two different conditions: as received and aged in service at 515oC and 12,26 MPa (internal pressure) for 280,000 hours. The aged material was submitted to rupture creep tests at 500 and 550°C and different stresses in order to built life extrapolation curves and analyze microstructural degradation and carbides precipitation. It was concluded that: the Larson-Miller is the parametric method that better fit aged and new steel degradation behavior in the life prediction obtained from the data of the aged steel, tending to predict the new one; the presence of M6C carbides is an indicator of Cr-Mo steel degradations.
Keywords: Engenharia metalúrgica e de materiais
Aços 2,25Cr-1Mo
Previsão de vida em fluência
Subject CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Metalúrgica e de Materiais
Department : Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: Oct-2017
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Engenharia Metalúrgica e de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
876935.pdf6,29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.