Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/1000
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: As altas taxas de juros no Brasil e o problema da indexação da dívida mobiliária fiscal
Autor(es)/Inventor(es): Leal, Lucas Edler
Orientador: Oreiro, José Luiz da Costa
Resumo: Analisa a condução da política monetária no Brasil, expondo os principais entraves enfrentados pelo Banco Central que levam à prática de taxas de juros endemicamente altas e taxas de inflação e crescimento do produto e do emprego instáveis. Para tal, a política monetária é abordada em uma perspectiva histórica e comparativa, a partir da implementação do Regime de Metas de Inflação, em 1999. Em seguida, é analisada a composição da dívida mobiliária fiscal de forma a apontar o motivo chave para os problemas apontados: o excesso de ativos indexados à taxa básica de juros que causam a ineficiência de um canal importante de transmissão da política monetária. Por último, são apontadas as principais consequências financeiras e estruturais decorrentes dessa característica, assim como seus efeitos no mercado de crédito de longo prazo no Brasil.
Palavras-chave: Brasil
Regime de metas de inflação
Indexação da dívida mobiliária
Mercado de crédito
Taxa de juros
Banco Central do Brasil
Política monetária
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Ago-2015
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/1000
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LELeal.pdf1,21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.